Luciano Salles é quadrinista, ilustrador freelancer da Folha de S.Paulo e 1/3 da Produtora Cultural e editora Memento 832.
Autor das histórias em quadrinhos EUDAIMONIA (2017, Publicação Independente/Catarse), Limiar: Dark Matter (2015, Publicação Independente), L'Amour: 12 oz (2014, MINO) indicada ao 27º HQMIX, O Quarto Vivente (2013, Publicação Independente) indicada ao 26º HQMIX e da HQzine Luzcia, a Dona do Boteco (2012, Publicação Independente), indicada ao 27º HQMIX.

7.2.18

Lançamento de EUDAIMONIA na Quanta Academia de Artes

Lançamento de EUDAIMONIA na Quanta Academia de Artes
Olá, tudo bem?

Em dezembro de 2017, publiquei meu novo quadrinho chamado EUDAIMONIA e agora, em fevereiro, no dia 24 a partir das 17h, haverá um lançamento na Quanta Academia de Artes.

Essa minha nova HQ foi financiada pelo Catarse (veja mais detalhes sobre EUDAIMONIA neste link: https://goo.gl/cwcjBge conta a história de um estranho e solitário caçador que falha na tentativa de capturar "uma parte" da sua presa.

A revista é uma publicação em preto e branco, com 32 páginas impressas em papel pólen bold 90g, capa em papel TRIPLEX 350 colorida pelo talentosíssimo Marcelo Maiolo, tem o tamanho de um formato americano (17cm x 26cm), custa R$25,00.

Um detalhe legal para esse evento é que haverá um bate-papo onde proporei uma conversa sobre e os caminhos de como, ou, por onde, publicar sua HQ. Eu já tive a experiência em ter meu primeiro quadrinho (Luzcia, a Dona do Boteco)  em formato de fanzine, depois publiquei de forma independente (O Quarto Vivente), publiquei pela editora MINO (tive a honra de inaugurar o catálogo com L'Amour: 12 oz), voltei a publicar de forma independente (Limiar: Dark Matter) e agora, com EUDAIMONIA, tive meu primeiro contato e sucesso com um financiamento coletivo.

A Quanta é um espaço extremamente agradável e muito, muito fácil de chegar. É só descer no metrô Ana Rosa e sair sentido da Rua José de Queiros Aranha, caminhar 200m e chegar até o número 246.

Convide aquele amigo(a) que tenha deixado de ler quadrinhos para ir ao evento. Incentive ele(a) a conhecer os quadrinhos produzidos no Brasil.

Nó vemos lá.

Um abraço!

Nenhum comentário:

Postar um comentário