Luciano Salles é quadrinista, ilustrador freelancer da Folha de S.Paulo e 1/3 da Produtora Cultural Memento 832.
Autor das Histórias em Quadrinhos Limiar: Dark Matter (2015, Publicação Independente), L'Amour: 12 oz (2014, MINO) indicada ao 27º HQMIX, O Quarto Vivente (2013, Publicação Independente) indicada ao 26º HQMIX e da HQzine Luzcia, a Dona do Boteco (2012, Publicação Independente), indicada ao 27º HQMIX.

29.6.17

EUDAIMONIA é minha nova HQ (para 2017)

EUDAIMONIA por Luciano Salles
EUDAIMONIA, a nova HQ de Luciano Salles
Olá, tudo bem?

Se você acompanha o blog pode estar confuso e se perguntar: "mas a nova HQ não se chamava ELA"?

Explico melhor: estou trabalhando em duas HQ ao mesmo tempo. ELA é uma revista longa, de 136 páginas ou mais e que tomará um bom tempo de produção. Como quadrinista independente, penso que um trabalho longo assim deve ser intercalado por outras publicações até pelo fato de precisar sobreviver a partir de outros trabalhos remunerados. Além de querer manter em segredo, o máximo possível, EUDAIMONIA pois, esta sim, será lançada em 2017.

Mas vamos ao que interessa nesta postagem! EUDAIMONIA será lançada no dia 07 de dezembro, na abertura da Comic Con Experience. É o primeiro trabalho que lanço em um evento de quadrinhos e estou ansioso para isto! Aliás, estou na CCXP graças ao apoio cultural da Escola Pueri Domus Araraquara e a World Game.

Agora, neste exato momento, estou com 91,30% das páginas desenhadas e prontas. Tão logo terminar os 100% das páginas e a capa da revista, devo anunciar sinopse, produção, valor e outros detalhes com o lançamento do teaser da revista. Algumas imagens e vídeos deste trabalho inseri no meu Instagram. São todas as que estão ilustrando este post e que você pode conferir logo abaixo.

Seu comentário é sempre muito bem vindo!

Um abraço.

Luciano Salles.

Uma publicação compartilhada por Luciano Salles (@lucianosalles) em


19.6.17

CCXP 2017, Print Vs HQ e Eudaimonia

Olá, tudo bem?

As coisas mudam e acredito que isso seja muito bom. Se procurar em algumas postagem do início do ano, havia comentado que não participaria de nenhum evento de quadrinhos em 2017 e, provavelmente, 2018. Mas conforme iniciei este parágrafo, as coisas mudam! Recebi algumas mensagens e e-mails perguntando se eu não estaria na CCXP 2017 pois não havia compartilhado aqui no blog e em minhas redes sociais, nada sobre ter sido aprovado para ter mesa no evento. Antes de mais nada, fico realmente lisonjeado com as mensagens.

Sim, estarei na CCXP 2017 com minhas HQ O Quarto Vivente, Limiar: Dark Matter, dois prints e um lançamento. Por enquanto minha ida só está sendo possível graças ao apoio cultural do Colégio Pueri Domus Araraquara, que agradeço em nome da Mônica Zaher. Muito obrigado de coração, Mônica!

Print produzido exclusivamente para a CCXP 2016
Ok, está certo, sei que escrevi print, uma palavra que há poucas semanas causaram um alvoroço entre desenhistas, quadrinistas, ilustradores e demais. Confesso que li alguns poucos argumentos mas enfim, levarei dois novos prints por alguns motivos:

A CCXP não é apenas um evento focado nas histórias em quadrinhos. É simplesmente o maior evento de cultura pop da América Latina.

Algum destes prints podem chamar a atenção de alguém que esteja passando pelo Artists' Alley e que não tenha tanto interesse em quadrinhos. Se essa pessoa chegar até minha mesa pela imagem de um print, com certeza vou apresentar meu trabalho, mostrar meus quadrinhos e conversar de boa com esse(a) possível comprador(a). Pode ser que eu venda somente este print para essa pessoa, pode ser que eu agregue nesta venda uma ou duas HQ, pode ser que essa pessoa, que não tinha o hábito de ler quadrinhos, tome gosto pela leitura e assim, quem sabe, temos um novo leitor.

Penso que os prints não inviabilizam meu trabalho como quadrinista até porque o que eu faço são histórias em quadrinhos. Simples assim.

Comic Con é um evento caro para os expositores. São 5 dias de exposições, moro a 300km da do evento, tenho que ficar em hotel, pagar o aluguel da mesa, alimentação, transporte e tantos outros itens e despesas. Fiz a opção de viver somente pelos quadrinhos. E o que isso significa? Que toda a minha renda provém somente do meu trabalho como quadrinista e tudo mais o que possa envolver essa profissão. Desta maneira, agregar a venda de prints na CCXP é fundamental para mim.

Tem um bom post sobre essa controvérsia Print Vs HQ no blog do Brão Barbosa. Aqui está o link: Print ou quadrinho? Ou os dois?

Imagem de Eudaimonia, retirada do meu Instagram
Fazia quase duas semanas que não atualizava o blog e sei que tenho atualizado bem menos por um bom motivo: logo que puder, revelo Eudaimonia* por aqui. Já coloquei alguns fragmentos de páginas na minha conta do Instagram.

*O termo "eudaimonia" pode ser entendido com um perfeito ajuste na ordem cósmica.

Fico por aqui com a satisfação de poder publicar (ainda não sei como) uma nova HQ em 2017.

Conto com seu comentário, compartilhamento, perguntas, dúvidas, curiosidades ou mesmo surpresa por essa "nova novidade novissíma e eudaimonica".

Um grande abraço!

Luciano Salles.

5.6.17

O tempo de Luciano Salles – Podcast HQ sem roteiro

Imagem retirada do Iradex

Olá, tudo certinho?

Nunca havia participado de um podcast até o receber o convite do Pedro PJ Brandão, que comanda o HQ sem roteiro, que agora fica dentro do site do Iradex. Assim, fui conhecer o programa, gostei bastante e marcamos para gravar. Conversamos sobre praticamente tudo desde que comecei a fazer quadrinhos. Falamos desde o horário que acordo até meus quadrinhos, como escrevo os roteiros, meu traço, conversamos sobre o tempo, ilustrações e muito mais! Fiquei contente com o resultado e deixo aqui o convite para você ouvir o programa.

Copiei o texto de introdutório do podcast, incorporei o áudio aqui no blog e deixo o link para, se preferir, ir direto até o Iradex e conhecer todo o conteúdo que eles mantêm ali!

Texto retirado do podcast HQ sem roteiro – Iradex
"O Tempo de Luciano Salles.


O tempo é muito importante para Luciano Salles. O quadrinista paulista sabe exatamente qual dia, mês e ano pediu demissão do seu trabalho como bancário para se dedicar exclusivamente ao trabalho com ilustração e HQs. Vendeu a moto que tinha e usou todo o dinheiro para imprimir os exemplares de seu primeiro quadrinho em cores, O Quarto Vivente, em 2013. De lá pra cá, lançou também L'Amour 12oz, em 2014, e Limiar: Dark Matter, em 2015.
O traço característico de Luciano talvez só não seja mais marcante do que suas tramas complexas, repletas de cortes temporais e multinarrativas que se intercalam. São quadrinhos que desafiam. Assim como o tempo. É sobre tudo isso e muito mais que Pedro PJ Brandão conversa com Luciano Salles no HQ Sem Roteiro Podcast dessa semana. Pode por suas luvas de boxe e subir no ringue".
Seu comentário é sempre muito bem vindo.

Um abraço,

Luciano Salles.

3.6.17

Sereia: Ilustração para camiseta da turnê europeia da banda Liniker e os caramelows

Sereia por Luciano Salles.
Desenho do adesivo para a turnê europeia
da banda Liniker e os caramelows
Olá, tudo bom?

Tenho uma relação bem próxima com a banda Liniker e os caramelows. Vi tudo surgir devagarinho, pequenininho. Fui em muitos ensaios, conversava bastante e até pelos anos de experiência que tive como gestor em instituições bancárias, ajudei no que pude, bem lá no comecinho, também neste aspecto.

Neste mês de junho, eles estão em turnê pela europa e fiz a arte que estampa a camiseta destes shows. Recebi a ideia que a banda queria e pensei bastante, sinteticamente, em como o desenho deveria ser.  Gosto de pensar o suficiente antes de qualquer traço e se você acompanha meu blog, já deve ter lido isso algumas vezes.

Assim, já no primeiro sketch acertei o que queria e como sempre preciso dar nomes aos meus desenhos, chamei este de Sereia.

Sereias por Luciano Salles.
Silk em cinco cores para a camiseta oficial da turnê
europeia da banda Liniker e os caramelows
O mesmo desenho deveria ser para a camiseta, que seria feita em silkscreen, e para um adesivo. Este foram os resultados.

O que eu mais queria no desenho era um olhar distante e apaixonado. Algo de sutil percepção, com expressão e, de certa forma, com voz.

Esteja livre para deixar seu comentário aqui. Dúvidas, sensações, comentários, elogios,  qualquer argumentação sempre será bem vinda e respondida.

Um abraço,

Luciano Salles.







Rascunho de Sereia, por Luciano Salles
Rascunho de Sereia em cores,
por Luciano Salles