Luciano Salles é quadrinista, ilustrador freelancer da Folha de S.Paulo e 1/3 da Produtora Cultural Memento 832.
Autor das histórias em quadrinhos EUDAIMONIA (2017, Publicação Independente/Catarse), Limiar: Dark Matter (2015, Publicação Independente), L'Amour: 12 oz (2014, MINO) indicada ao 27º HQMIX, O Quarto Vivente (2013, Publicação Independente) indicada ao 26º HQMIX e da HQzine Luzcia, a Dona do Boteco (2012, Publicação Independente), indicada ao 27º HQMIX.

31.10.16

Bate-papo em Limeira (SP) + frete grátis em toda Loja Online do blog

Banner de divulgação do Espaço Nerd
Olá, tudo bem?

No dia 12 de novembro, às 14h, estarei na cidade de Limeira, no Espaço Nerd, para um bate-papo sobre meu processo de trabalho, quadrinhos, o mercado independente, quadrinhos de autor e o tudo mais por onde a conversa levar. Logo após haverá uma sessão de autógrafos. 

Levarei meus quadrinhos O Quarto Vivente, Limiar: Dark Matter, alguns originais e também alguns prints para a venda.

E falando em vendas, a partir de hoje, toda Loja Online do blog está com FRETE GRÁTIS!

Espero que tenha gostado da novidade e fique a vontade para deixar seus comentários.

Um abraço.

Luciano Salles.

27.10.16

Limiar: Dark Matter com 2 prints na faixa e frete grátis!

Limiar: Dark Matter + 2 prints sortidos
Olá camarada, tudo bem?

Arrumando as coisas aqui no meu estúdio encontrei alguns prints no tamanho A4 que fiz para a CCXP do ano passado e alguns que fiz esse ano. São quatros desenhos sendo Batman Vs Superman, Kamala Khan (a nova Ms. Marvel), Spider-man e Demolidor (Netflix).

Decidi então fazer a seguinte promoção: compre um exemplar de Limiar: Dark Matter (R$35,00) e ganhe dois prints sortidos na faixa.

Tudo vai autografado bonitinho e direto para o seu endereço com FRETE GRÁTIS.
O detalhe é que são apenas 10 exemplares para essa promoção! Então, se acabar, acabou!





Garanta agora seu combo e economize quase 54%!
Quer ver uma conta rápida?

R$35,00 – Limiar: Dark Matter
R$15,00 – Print 01
R$15,00 – Print 02
R$10,00 – Postagem (aproximadamente)
R$75,00 – Total

Promoção válida somente para compras dentro do território nacional e enquanto durar as dez unidades. Qualquer dúvida é só deixar uma mensagem aqui nos comentários.

Ah, quer uma dica? Dê quadrinhos de presente!

Um abraço!

Luciano Salles.

24.10.16

Novo print para a CCXP: Tetsuo

Tetsuo Shima por Luciano Salles
[Atualizado em 26/10/2016]

Olá camarada.

Sabe, alguns desenhos dão certo trabalho. Agora, finalmente, cheguei ao ponto que queria com esse Tetsuo. Insisti de teimoso.

Girei um pouco o desenho, ampliei um tanto e perdi bastante do fundo mas desta forma fiquei mais contente com o resultado. Mexi também um pouco na cores.

Espero que tenha gostado. Fique a vontade para comentar o que achou dessa que é a versão final.

Um abraço!

Luciano Salles.






Olá, tudo bem?

Há pouco tempo escrevi um post que sobre esse desenho do Tetsuo. A postagem dizia se eu usaria esse desenho ou faria outro que levaria para a CCXP. Fui editar a postagem e por algum motivo ela perdeu todo o conteúdo que não consegui recuperar. Haviam comentários na publicação e perdi tudo. 

Como fiz as cores para o Tetsuo, decidi fazer esse novo post. Ainda não tenho certeza se usarei esse ou um novo desenho com o personagem. Uma pena ter perdido o post antigo mas agora esse tem várias etapas do desenho, um pequeno vídeo e uma surpresa que recebi hoje: o mesmo desenho colorido por Gustavo Magalhães, que você pode conferir logo abaixo. Muito obrigado pela surpresa Gustavo, fico honrado!

Fique a vontade para deixar seu comentário. Com certeza será respondido!

Um abraço.

Luciano Salles.

Tetsuo Shima por Luciano Salles
Imagem inteira sem cortes
Tetsuo Shima por Luciano Salles
Imagem inteira sem cortes



















Finalizando o nanquim
Lápis





















Recebi essa versão colorida
pelo Gustavo Magalhães





















Um vídeo publicado por Luciano Salles (@lucianosalles) em

22.10.16

Com foi a Oficina no SESC Campinas?

Oficina de Quadrinho de Autor e Publicação Independente no SESC Campinas
Oficina de Quadrinho de Autor e Publicação Independente
no SESC Campinas
Olá, tudo bem?

Respondendo a pergunta do título do post, a oficina foi fantástica!

Apesar de ter acontecido em uma quarta e quinta-feira, num horário não tão favorável – das 16h às 19h – o público foi ótimo.

Uma baita turma entendida de quadrinhos e processos. A oficina, por si só, aconteceu como dois dias de boas trocas de informações onde apenas coordenei como publicar uma história em quadrinhos, desde a ideia da história até vender seu trabalho.

A unidade do SESC Campinas é linda e preciso ressaltar que fui muito bem atendido por todos, dando o destaque para a Valquíria, que cuidou de tudo com a máxima atenção.

Muito obrigado a todos que prestigiaram a Oficina de Quadrinho de Autor e Publicação Independente e ao SESC Campinas.

Um abraço.

Luciano Salles.

10.10.16

Produção Independente de HQ no SESC Campinas

Olá, tudo bem?

Nos dias 19 e 20 de outubro de 2016 vou coordenar a oficina de produção independente de quadrinhos no SESC Campinas. Serão dois dias com três horas de duração onde vou abordar, em tópicos, as etapas de produção de uma (sua) HQ.

As vagas são limitadas por isso já garanta a sua inscrição neste link INSCREVA-SE!

Vou focar a oficina com base na minha experiência de auto publicação desde a ideia para a HQ assim como escrever o roteiro, desenho de páginas, diagramação, cuidados essenciais e detalhes realmente que dão resultados e os que não funcionam tão bem. Vou falar até o ponto de divulgação e distribuição de sua publicação.

Levarei todas as minhas publicações independentes, páginas originais, exemplos de roteiros e muito mais que possa interessar na sua publicação. A intensão é fazer da oficina um grande bate-papo para dirimir dúvidas básicas até as que eu não puder responder.

Espero você na oficina! Compartilhe com seus amigos de Campinas e região. Qualquer dúvida é só deixar aqui nos comentários.

Um abraço.

Luciano Salles.

6.10.16

Donald Trump = "Minis Napoleões" de internet

Donald Trump por Luciano Salles
Donald Trump por Luciano Salles
Olá, tudo bem?

O que é o poder? Qual a intensidade provada deste que o faz desviar de conduta ou inclinar agudamente seu comportamento? A democrática internet fornece a dose mínima e letal deste fenômeno. O poder das mídias sociais é alguma coisa que me faz, por vezes, atônito. 

Claro que participo de redes sociais. Estou escrevendo no meu blog e depois disso compartilho o conteúdo nessas redes. Meu trabalho precisa disso. Vivo somente pela minha arte que preciso divulgar bem e de forma coordenada.

Mas voltando ao título do post, o comportamento do candidato Donald Trump a presidência dos Estados Unidos, por diversas vezes, me faz associar a prática de muitos (principalmente) no Facebook. O mínimo poder que a internet lhe concede para escrever o que quiser, seja com embasamento ou não, discutir e discutir e discutir sem tentar entender uma posição contrária, sem tentar aceitar que uma outra opinião se sobrepõe a sua é algo assustador. 

Donald Trump por Luciano Salles
Donald Trump por Luciano Salles
É o que chamo de Minis Napoleões.

São certeza concretas, amarradas e literalmente indestrutíveis. Outrossim, verdades indiscutíveis. E lentamente isso tem migrado e criado nichos estranhos e bizarros aqui na vida real. Essa nova doença, elevada a enésima potência, se materializa em uma imagem como a de Donald Trump.

Fique a vontade para deixar seu comentário sobre o desenho ou mesmo o texto. 

Um abraço!

Luciano Salles. 

2.10.16

Desenho para o interior do encarte do álbum REMONTA, de Liniker e os Caramelows

Desenho para o disco Remonta, banda da amiga Liniker e os Caramelows
Foto da gravação no Red bull Studios
por Luciano Salles
Olá, tudo bem?

Há um ano uma amiga que você provavelmente já ouviu cantar e iluminar o ambiente por onde passa, lançava um single em vídeo no Facebook. Junto da trupe de outros amigos aqui de Araraquara, surgia a banda Liniker e os Caramelows.

Acompanhei tudo de perto, fui a muitos ensaios (que acontecem na casa do meu irmão de alma e hoje cunhado, Pericles Zuanon) e vi muita coisa acontecer.

Quando a banda estava gravando o disco Remonta no Red bull Studios São Paulo, fomos eu e minha esposa Lilian Penteado, para acompanhar o dia com eles e  a gravação. Enquanto o dia se desenrolava no estúdio, notei que alguns integrantes conversavam sobre a arte do disco, cores e vários outros aspectos que envolveria a mídia física, ou seja, o álbum. Em determinado momento, o baixista e também um dos produtores da banda, Rafael Barone, veio até o sofá onde eu estava e me perguntou o que eu achava que deveria resumir em uma imagem tudo aquilo o que estava ouvindo.


Disse que ficaria atento para todas as sensações que me tomasse para depois passar para ele. E foi assim. O dia foi passando, ouvi praticamente o disco todo que não estava nem mixado e pude perceber e sentir muito ali.

Passar o dia com amigos e música é aquela mistura mágica em que as horas tomam forma de segundos e pronto, já havia escurecido e encerrado a sessão de gravação. Voltamos para Araraquara e me antecipei ao convite que me fariam no dia seguinte: faria o desenho que fica dentro do encarte do disco. Recebi da produtora as diretrizes e paleta de cor do que deveria fazer.

Foto do encarte de REMONTA


O que aconteceu foi que siga a risca a paleta de cor e mas não o que queriam para o desenho. Havia ouvido o disco, conhecia a origem das músicas composta pela Liniker e saber que aquele disco estaria em breve nas mãos de muitas pessoas que podem ou poderiam estar passando por tudo que a Liniker passou, exigiria algo mais intuitivo de mim.

Quando sentei para desenhar fiquei pensando: como será que é ser negro, gay e uma pessoa que viveu dificuldades financeiras na vida? Por mais que tentasse imaginar ou mesmo tentar fazer esse exercício mental, nunca saberia, impossível. Decidi partir para o fato de o desenho estar enclausurado em determinado espaço físico da caixinha do CD. Foi dessa forma que pensei e desenhar um corpo se contorcendo (para além dos limites humanos) tentando se encaixar, para se encontrar, se aceitar e por que não, se Remontar? O intento de se moldar aos parâmetros mas quebrando toda estética aguardada, quase como se fosse um segundo nascimento, não um nascimento instintivo e programado pelo tempo da natureza e sim, com uma consciência emocional, atemporal e corporal.

Desejo sinceramente que alguém que tenha o disco e esteja ouvindo as músicas, olhando para o desenho do encarte, se questione, se aceite, abrace de supetão seu amor logo ao lado, ligue para a pessoa ideal para confessar seus desejos, aflições e amores de vida.

Seu comentário é sempre muito bem vindo!

Um abraço.

Luciano Salles.