Luciano Salles é quadrinista, ilustrador da Folha de São Paulo e 1/3 da Produtora Cultural Memento 832.
Autor das Histórias em Quadrinhos Limiar: Dark Matter (2015, Publicação Independente), L'Amour: 12 oz (2014, MINO) indicada ao 27º HQMIX, O Quarto Vivente (2013, Publicação Independente) indicada ao 26º HQMIX e da HQzine Luzcia, a Dona do Boteco (2012, Publicação Independente).

28.7.16

Resenha – Limiar: Dark Matter por Floreal Andrade no Impulso HQ

Limiar: Dark Matter de Luciano Salles (2015, independente)
Olá camarada, tudo bem?

No dia 22 de Julho saiu uma resenha de Limiar: Dark Matter, meu último quadrinho publicado de forma independente em outubro de 2015.

A resenha foi assinada por Floreal Andrade no excelente site de entretenimento e cultura pop Impulso HQ. Floreal foi ao ponto exato no texto. Sucinto e assertivo, o texto consegue captar muito do que quis na HQ. Enfim, eu adorei a resenha!

Confira toda resenha logo abaixo ou siga direto para ler no site dos camaradas do Impulso HQ e se ficou interessado em adquirir a HQ é só ir por aqui até minha Loja Online!

Forte abraço.

Luciano Salles.
Por Floreal Andrade, 22 de julho de 2016 – publicado originalmente no Impulso HQ.

“Acho tudo muito infantil. Em contrapartida, acredito que ele exprime uma busca de nossos desejos mais profundos…”, Moebius sobre as histórias em quadrinhos.

Impressionante como os quadrinhos de Luciano Salles conseguem nos atingir de maneira tão profunda e tão impactante. É impactante visualmente, é impactante conceitualmente. Como um me disse um amigo um dia desses “como é bom se perder nos labirintos das HQs do Luciano”.
Lançado de maneira independente, Limiar: Dark Matter encerra um ciclo na carreira desse quadrinhista que despontou no mercado nacional em 2012. Audaci Junior diz que Dark Matter tem uma ligação com outro álbum de Luciano Salles, “O Quarto Vivente” de 2013, e se você conhece essa obra irá perceber que estamos em um mesmo universo. Porém, com a brilhante narrativa de Salles, somos apresentados a três personagens no futuro, lembranças que não são suas, um sonho ou um pesadelo.

Amerício, Carino e Nádio são três amigos que buscam vingança sendo que um está morto. Parece complicado não? E é. A trama ambientada nesse futuro distópico também é composta por uma lendária porta que os amigos terão que passar e a vingança traz consequências não só para eles, mas para todo o universo.

Salles não subestima o leitor, pelo contrário, o faz se esforçar e tentar ler nas entrelinhas, nas entrecores, nos entrequadros, entretempos. Estariam os três amigos sobre efeitos de alucinógenos? A porta fez com que eles ganhassem poderes para enfrentar o assassino do amigo morto?

Salles em toda a sua narrativa cria uma sensação de desconforto e de difícil compreensão. E já que falei de “entrecores”, não posso deixar de citar a paleta de Marcelo Maiolo, que assina a colorização do álbum. O colorista optou por cores não tradicionais nas aplicações de pele e um efeito de brilho nos cenários, deixando as composições cromáticas com contrastes bem interessantes. Lembrando que essa parceria entre Maiolo e Salles já pode ser vista no L’Amour: 12 oz, também de autoria de Salles.


A vingança é dada pela memória, afinal, de acordo com Salles em uma de suas entrevistas, “somos apenas memória e isso se aplica para tudo, inclusive ao Universo”.

Exato. Mais uma vez, Luciano não traz uma leitura fácil. É preciso se esforçar para acompanhar suas páginas. O trio está nascendo ou morrendo? São várias perguntas que podem não ter respostas.

Faça um teste curioso: peça aos amigos que leiam a história e depois que contem a sua versão da mesma. Você perceberá que milhares de outras histórias virão à tona.

Por isso é tão difícil classificar a obra de Luciano Salles apresentada até agora. E pra que classificar se o melhor é ler. Ler e se perder. Aqui estou eu perdido no traço e nas cores singulares de Luciano Salles.

Quando cheguei à última página, não sabia se chegava ao fim ou ao início da aventura.


Limiar: Dark Matter

Edição independente
Roteiro e arte: Luciano Salles
Cores: Marcelo Maiolo
Colorido
21 x 27,5 cm
50 páginas

R$ 35,00

21.7.16

Batgirl (o primeiro desenho para a CCXP) + HQMIX + Rafael Grampá

Olá camarada, tudo bem?

Esse é um post um pouco longo e por isso dividi em tópicos. Vamos lá:

01. Batgirl

Essa Batgirl é o primeiro desenho de uma série de cinco que serão feitos especialmente para a Comic Con Experience. Quis fazer ela mais clássica porém atual com a série em quadrinhos e a nova reformulação visual. Até tentei fazer uma outra versão mais dark o que não rolou. Preferi assim.

Batgirl por Luciano Salles
Batgirl por Luciano Salles

No meu Twitter (@lucianosalles) tenho feitos algumas enquetes entre dois personagens para saber o que as pessoas mais gostariam de ver na minha mesa do evento. Há última enquete que fiz foi entre Dr. Strange e Harley Quinn. Apesar de poucos votos – sendo que 13 é um bom número – esse foi o resultado:



E assim vou direcionado os desenhos que vou fazer para o evento e sua participação me ajuda bastante. Vale lembrar que esses prints para a CCXP somente serão vendidos no evento, inclusive os originais!

Batgirl por Luciano Salles
Página original finalizada em nanquim. Batgirl por Luciano Salles


Batgirl por Luciano Salles
Sketch por Luciano Salles

02. HQMIX

Infelizmente, esse ano não fui selecionado para concorrer ao troféu HQMIX. Meus dois trabalhos anteriores foram indicados mas Limiar: Dark Matter não levou nenhuma indicação. Apesar de eu estar em dois livros que estão indicados ao prêmio – A caminho da Justiça, de Felipe Morcelli, Pablo Sarmento e Luiz Alberto Pereira e também Um cara que caiu do céu, de Charlles Lucena, gostaria de ver minha HQ ali concorrendo, mas enfim, não foi desta vez.

03. Rafael Grampá

Há algum tempo venho citando o Rafael Grampá nos posts aqui do blog e acho que chegou o momento de explicar o motivo e demonstrar minha gratidão. O Rafael tem me orientado bastante quanto aos meus trabalhos.

Conheci ele em 2010, em um evento no SESC Araraquara. A partir desta data começamos a conversar e tudo foi lentamente se intensificando. Hoje, uma grande admiração que eu tinha pelo trabalho fantástico dele ficou ainda maior pela generosidade do camarada. 

Como você pode saber, há poucos anos atrás, eu era um gerente de banco que no dia seguinte pediu demissão para fazer quadrinhos. Dessa forma, sei que pulei muitas etapas no que se refere ao desenho (e também roteiro) para viver de fazer meus quadrinhos. E é ai que as orientações do Grampá tem tido o valor de aulas de desenho que nunca tive. E posso deixar claro aqui que isso é um privilégio absurdo para mim!

Finalizando esse post gigante e votando ao item 01, espero que tenha gostado do resultado final da minha Batgirl. Por favor, deixe suas impressões, críticas e se quiser, alguma sugestão de desenho para a CCXP nos comentários.

Forte abraço!

Luciano Salles.

18.7.16

Folha de S.Paulo: Dead Man Walking ou Walking Dead mesmo!

Capa do caderno de Ciências da Folha de S.Paulo de 18/07/2016
ilustrado por Luciano Salles
Olá camarada, tudo bem?


Em uma semana corrida de muito trabalho, montagem de exposição (Araraquara Quadrinhos – veja no Facebook esse evento) e muitos assuntos particulares, recebi a chamada para fazer a ilustração.

Apesar dos afazeres, tudo deu certo. Sem contar que adorei a pauta: um médico indiano tentando reviver pacientes decretados com morte cerebral!

Espero que consiga ler toda matéria na página online do jornal. Se você é assinante do jornal físico, não deixe de conferir!


Coloquei um pouquinho do processo da ilustração aqui no blog. Aliás, só coloquei o rafe que envio para aprovação e seguir o processo da ilustração.

Qualquer dúvida quanto ao meu processo, perguntas ou qualquer outra indagação, é só usar os comentários aqui no blog mesmo. Respondo logo enquanto fico no aguardo dos verdadeiros Walking Dead!

Forte abraço e aproveite os 20% de desconto na Loja Online!
 
Ilustração por Luciano Salles
Rafe enviado para aprovação do Jornal

5.7.16

Wonder Woman: Desenho, Sketches, Textão e CCXP

Mulher Maravilha por Luciano Salles
Olá, tudo bem?

O próximo evento de quadrinhos que participarei será a Comic Con Experience. Sem nenhum lançamento em quadrinhos, apresentarei 5 (cinco) desenhos que serão feitos exclusivamente por conta do evento e somente serão vendidos ali. Se acabar, acabastes*
*Frase no estilo da saudosa Luzcia, a Dona do Boteco (leia online no Social Comics)

Enfim, fiz essa Mulher Maravilha já pensando na CCXP. Ainda não sei se será escolhida mas faço alguns desenhos para então selecionar os que realmente irão para o evento.

A Wonder Woman, mas uma vez, foi sugestão do amigo Rafael Grampá. Desenhar mulher é sempre um desafio para mim. Tenho a tendência de ir para o lado bizarro das coisas mas como dizia o mestre Moebius, quando você vai desenhar uma mulher tem que parar tudo o que está fazendo para desenhar uma mulher. Agradeço a existência do Moebius e a generosidade do Grampá.

Aqui você pode conferir alguns sketches e como as coisas mudam no meio do caminho. Outro lance foi a pintura e aqui agradeço ao Marcelo Maiolo, outro amigo talentosíssimo. Em poucas palavras ele me disse o que havia de estranho nas cores que eu havia feito e seguindo suas orientações, consegui melhorar muito todo desenho. Muito obrigado Maiolo!

Sketch 2 e 3 por Luciano Salles
Sketch 1 por Luciano Salles




















Como você pode ter percebido, o rascunho que funcionou foi o 3º (terceiro). Apesar de ter gostado muito do primeiro, optei pelo último que fiz. Eu não queria fazer a Mulher Maravilha em posição de batalha ou com o uniforme similar ao do filme.

Queria muito algo mais icônico, tradicional, tanto que os cabelos dela estão presos com se usava nos anos 50/60. Fiz um cabelo crespo, cheio e digno de uma guerreira amazona. A cor da pele reflete uma origem africana (diferente da história original).

Para as definições dos desenhos, sempre vou lançar uma enquete no meu Twitter (@lucianosalles), com duas opções para seu voto. Hoje mesmo inseri esta:


Apesar da Batgirl estar ganhando, já havia desenhado essa WW. Assim, fique ligado aqui no blog e no meu Twitter para ajudar a determinar o que vou levar para a CCXP. Espero que tenha gostado do post! Deixe o seu comentário, dúvida e sugestões logo abaixo.

Um grande abraço.

Luciano Salles.

3.7.16

Promoção: Loja Online com 20% de desconto!

Loja Online
Olá camarada, tudo bem?

Abro a semana com essa promoção na minha Lojinha Online!

Vale a pena conferir, conhecer meu trabalho, garantir seu exemplar, completar sua trilogia ou mesmo presentear um(a) amigo(a). 

Inseri os novos prints da Kamala Khan e do Spider-Man, junto do Batman Vs Superman.

O valor do frete fica impossível de mexer. Aliás, os valores nos Correios estão exorbitantes! Assim, o valor  do frete que aparecerá em seu carrinho de compras é referente a tarifa dos correios mais o preparo da embalagem que sempre é bem reforçada, para evitar um possível dano a sua compra.

Se você ficou interessado é só ir para a Loja Online por aqui mesmo e montar seu pacote!

Quer algum exemplo? Saca só:

– Toda a trilogia contendo O Quarto Vivente + L'Amour: 12 oz + Limiar: Dark Matter, de R$ 92,00 por R$ 73,60!

O Quarto Vivente (2013, independente) de R$ 20,00 por R$ 16,00

Limiar: Dark Matter (2015, independente) de R$ 35,00 por R$ 28,00

– Qualquer print por R$ 15,00 (os prints não entram na promoção)

– Os originais também contam com 20% de desconto!

É isso! Espero que tenha gostado da promoção. Deixe nos comentários suas dúvidas, ponderações, o que tem achado do blog e, se puder e quiser, compartilhe essa postagem.

Um grande abraço!

Luciano Salles.