Luciano Salles é quadrinista, ilustrador freelancer da Folha de S.Paulo e 1/3 da Produtora Cultural Memento 832.
Autor das histórias em quadrinhos EUDAIMONIA (em pré-venda no Catarse), Limiar: Dark Matter (2015, Publicação Independente), L'Amour: 12 oz (2014, MINO) indicada ao 27º HQMIX, O Quarto Vivente (2013, Publicação Independente) indicada ao 26º HQMIX e da HQzine Luzcia, a Dona do Boteco (2012, Publicação Independente), indicada ao 27º HQMIX.

5.7.16

Wonder Woman: Desenho, Sketches, Textão e CCXP

Mulher Maravilha por Luciano Salles
Mulher Maravilha por Luciano Salles
Olá, tudo bem?

O próximo evento de quadrinhos que participarei será a Comic Con Experience. Sem nenhum lançamento em quadrinhos, apresentarei 5 (cinco) desenhos que serão feitos exclusivamente por conta do evento e somente serão vendidos ali. Se acabar, acabastes*
*Frase no estilo da saudosa Luzcia, a Dona do Boteco (leia online no Social Comics)

Enfim, fiz essa Mulher Maravilha já pensando na CCXP. Ainda não sei se será escolhida mas faço alguns desenhos para então selecionar os que realmente irão para o evento.

A Wonder Woman, mas uma vez, foi sugestão do amigo Rafael Grampá. Desenhar mulher é sempre um desafio para mim. Tenho a tendência de ir para o lado bizarro das coisas mas como dizia o mestre Moebius, quando você vai desenhar uma mulher tem que parar tudo o que está fazendo para desenhar uma mulher. Agradeço a existência do Moebius e a generosidade do Grampá.

Aqui você pode conferir alguns sketches e como as coisas mudam no meio do caminho. Outro lance foi a pintura e aqui agradeço ao Marcelo Maiolo, outro amigo talentosíssimo. Em poucas palavras ele me disse o que havia de estranho nas cores que eu havia feito e seguindo suas orientações, consegui melhorar muito todo desenho. Muito obrigado Maiolo!

Sketch 2 e 3 por Luciano Salles
Sketch 1 por Luciano Salles




















Como você pode ter percebido, o rascunho que funcionou foi o 3º (terceiro). Apesar de ter gostado muito do primeiro, optei pelo último que fiz. Eu não queria fazer a Mulher Maravilha em posição de batalha ou com o uniforme similar ao do filme.

Queria muito algo mais icônico, tradicional, tanto que os cabelos dela estão presos com se usava nos anos 50/60. Fiz um cabelo crespo, cheio e digno de uma guerreira amazona. A cor da pele reflete uma origem africana (diferente da história original).

Para as definições dos desenhos, sempre vou lançar uma enquete no meu Twitter (@lucianosalles), com duas opções para seu voto. Hoje mesmo inseri esta:


Apesar da Batgirl estar ganhando, já havia desenhado essa WW. Assim, fique ligado aqui no blog e no meu Twitter para ajudar a determinar o que vou levar para a CCXP. Espero que tenha gostado do post! Deixe o seu comentário, dúvida e sugestões logo abaixo.

Um grande abraço.

Luciano Salles.