Descanse em paz, Stan Lee

Stan Lee por Luciano Salles
Olá.

Bem, já não é novidade para ninguém o falecimento do genial Stan Lee (12/11/2018) e este post é uma simples homenagem minha, como artista que leu muito do que ele escreveu, passou a adorar, devorar quadrinhos e não poderia deixar de registrar um tributo.

Ainda no domingo li o Surfista Prateado - Parabóla, com roteiro de Lee e arte do também fantástico, Moebius. Você pode achar o que quiser dessa HQ mas eu adoro.

O falecimento do Stan Lee tem um significado diferente pois a ausência que sentimos transformou-se em eterno.

Muito obrigado.

Luciano Salles.

Postagens mais visitadas deste blog

A angústia de um quadrinista da série C

Acionei meu plano B: sendo quadrinista e ilustrador, recomendo ter estratégias nas mangas

Ser ilustrador da Folha de S.Paulo