Luciano Salles é quadrinista, ilustrador da Folha de S.Paulo e 1/3 da Produtora Cultural e Editora Memento 832.
Autor da histórias em quadrinhos EUDAIMONIA (2017, Publicação independente/Catarse), Limiar: Dark Matter (2015, Publicação independente), L’Amour: 12 oz (2014, Editora MINO), O Quarto Vivente (2013, Publicação independente) e da HQzine Luzcia, a Dona do Boteco (2012, Publicação independente).
Contato: lucianosalles@dimensaolimbo.com

5.11.18

Desistir não é uma opção

Ilustração para a Folha de S.Paulo por Luciano Salles
Olá, tudo bem?

Tempos confusos produzem em mim certa desordem. Fico angustiado, por vezes desestimulado mas desistir não é uma opção. Luto ferrenhamente contra isso com yoga e, se preciso for, auxílio médico.

Já percebeu que existem ambientes que não te fazem bem? Então, este é o impacto que as redes sociais me provoca e por isso pouco tenho acessado. Apenas o suficiente para divulgar meus trabalhos. 

Esse não é um post político onde repetirei os termos da moda que repercutem exaustivamente, discursos efêmeros, disputa de likes, engajamentos setorizados em contas de Instagram, Twitter ou Facebook onde hashtags elegem presidentes, impulsionam e destroem celebridades, desmembram comunidades e disseminam ódio.

Este é um post sobre ilustração, sobre ser quadrinista e sobre não desistir sob pretexto algum. 

Sendo sincero, esta é uma postagem que escrevo para mim. Para me energizar, para renovar as crenças no meu potencial, no meu desenho e no meu trabalho como quadrinista.

Tenho cinco história em quadrinhos publicadas sendo que todas foram indicadas a prêmios. Apenas uma publicada por editora e as demais de forma independente. Não tenho um(a) agente que me represente, ilustro semanalmente para a Folha de S.Paulo e trabalho sozinho em Araraquara, interior do estado de SP.

Sketch para a ilustração
por Luciano Salles
O parágrafo acima representa o período de 03 de abril de 2012 até os dias atuais (13,9% da minha vida).

Neste mês de novembro, decidi fazer as ilustrações para os textos do Daniel Furlan de forma um pouco diferente. Vou tentar algumas mudanças no meu traço e extrapolar – ainda que sutilmente – o conteúdo da coluna publicada as segundas-feiras na Ilustrada, o caderno de cultura da Folha de S.Paulo.

Essa é a primeira ilustração do mês de número onze. Pra mim é nítido que o traço traz uma sútil diferença mas gostaria de ouvir de você: percebe isso? Se quiser comentar é só deixar suas impressões logo abaixo.

O link para a leitura da coluna "Rainha de Marte" é este: https://goo.gl/Vk58Ac

Desejo uma boa semana com forças renovadas pra mim, assim como para você.

Um abraço!

Luciano Salles.