Luciano Salles é quadrinista, ilustrador freelancer da Folha de S.Paulo e 1/3 da Produtora Cultural Memento 832.
Autor das Histórias em Quadrinhos Limiar: Dark Matter (2015, Publicação Independente), L'Amour: 12 oz (2014, MINO) indicada ao 27º HQMIX, O Quarto Vivente (2013, Publicação Independente) indicada ao 26º HQMIX e da HQzine Luzcia, a Dona do Boteco (2012, Publicação Independente).

28.4.15

Limiar: Dark Matter [Novidades 02]

'Limiar: Dark Matter' de Luciano Salles
Olá, tudo bem?

Vamos as novidades sobre meu novo quadrinho que terá o nome de Limiar: Dark Matter. O primeiro Limiar: Dark Matter [Novidades 01] foi publicado em 06/03/2015 e você pode conferir essa postagem por aqui!

Seguindo a sequência numérica:

09. Hoje estou desenhando a página dupla 30 – 31, o que significa que já desenhei, arte-finalizei e fiz todo letreiramento de 66% da HQ. Preciso apertar o passo pois o teaser será lançado em 04 de junho de 2015.

'Limiar: Dark Matter' de Luciano Salle
10. Ainda não defini que pretendo convidar para escrever os textos do prefácio, posfácio e das orelhas da HQ. Tenho alguns nomes e é bem provável que no começo de maio faça os convites.

11. Já tenho alguns lançamentos agendados fora do estado de São Paulo e isso é demais!

12. O revista será uma publicação independente. Aqui faço uma ressalva que escolher essa modalidade foi uma decisão minha e nada contra a editora MINO que lançou L'Amour: 12 oz. Muito ao contrário. A MINO é uma editora fantástica, que prima muito pela suas obras e autores. Tenho um profundo respeito e admiração pelos responsáveis pela editora além de uma gratidão e honra em inaugurar suas publicações. Nada impede de um novo trabalho – após Limiar: Dark Matter – ser negociado e lançado novamente pela MINO.

13. Hoje revelo dois recortes da HQ. Espero que goste.

14. As cores, a princípio serão feitas por mim. Uma boa prosa já aconteceu com o Maiolo, mas nada é certo. O que é certo é que as cores do Maiolo são sempre impressionantes e valorizam e muito o desenho de qualquer desenhista mas ainda há tempo para isso ser decidido e muito depende também das janelas de tempo que o ele venha a ter.

15. A história que conta Limiar: Dark Matter encerra, de modo subjetivo, o que abri em O Quarto Vivente. Também acredito que você que leu O Quarto Vivente e L'Amour: 12 oz sentirá de alguma forma uma conexão em diferentes intensidades pois cada palavra e desenho toca de forma íntima e peculiar cada leitor.

Fico por aqui. Um grande abraço!

Luciano Salles.

Nenhum comentário:

Postar um comentário