Posts

Olá, tudo bem?
O tão falado caso “amoroso” e policial, Najila e Neymar, não tem nada a ver com o Robert Smith, icônico vocalista da banda inglesa The Cure. Apenas calhou de ter seu nome junto aos outros no título da postagem.
Semanalmente colaboro junto do psicanalista, escritor e autor da série Psi, da HBO, Contardo Calligaris, ilustrando seu texto na Folha de S.Paulo. Essa semana o título da coluna foi “Najila, Neymar e os comentários”.
Ilustração para a coluna do Contardo Calligaris na Folha de S.Paulo por Luciano Salles
Em um texto assertivo, Contardo, mais uma vez, deixa latente sua visão e posiciona o leitor para refletir sobre o assunto neste mundo instantâneo de análises, julgamentos e sentenças. Convido você a fazer a leitura por esse link: http://bit.ly/2UdFNqu
Robert Smith por Luciano Salles
Já sobre o Robert Smith, eu fiz um desenho do cantor e dei de presente para um amigo de longa data em seu aniversário, que se passou na mesma semana. Só isso, nada que o vincule as peripécias contidas nos parágrafos anteriores.
É isso! Fico por aqui enquanto preparo uma curta imersão de dois meses para os meus leitores.
Um abraço.
Luciano Salles.

Ilustração para o jornal Folha de S.Paulo por Luciano Salles.
Olá, tudo certinho?
Eu recebo o texto na terça-feira ao final da tarde, por vezes no começo da noite e tenho que enviar o desenho finalizado até às 14h da quarta-feira, para a redação do jornal.
O Contardo tem um escrita fluída, de pensamentos rápidos, ligando assuntos que pouco se atrevem ou se interligam, quase como se escrevesse um ensaio; o motivo dessa postagem é tentar fatorar os meios por onde chego na ilustração que será publicada.
Ao receber o texto direto do e-mail dele, já respondo que recebi para ele ficar tranquilo com sua parte do trabalho. Combinamos o uso do e-mail pela praticidade. 
Os textos sempre dão uns “chacoalhões” e isso desde quando eu assinava o jornal físico (a mais de 15 anos). Não sei se a prática de atender pacientes em consultas o conduz para esse formato de escrita mas, de fato, para mim, sempre foi assim.
A primeira leitura que faço é apenas uma apreciação do texto e por isso, evito pensar que terei de ilustrar sobre o que estou lendo. Por muitas vezes, uma segunda leitura se faz necessária apenas para uma melhor compreensão do que foi escrito.
Sketch “podrera” por Luciano Salles.
É geralmente na terceira leitura e essa, mais nas entrelinhas, que começo a refletir sobre o conteúdo ali exposto. Como é um texto corrente, parece que tudo ali foi preenchido como um rio preenche e percorre seu leito. Esse passa a ser meu desafio.
Penso que a ilustração dever ter o poder de atrair e quem sabe, conduzir os olhos do leitor curioso para o que deve estar escrito ali. Sei que o Contardo tem seus fieis leitores mas não custa tentar angariar um novo. Por esse motivo, essa terceira leitura é bem mais crítica, onde procuro algo que o Contardo não escreveu mas ficou velado entre tantas sentenças.
Foto da página do caderno Ilustrada.

Para o texto desta semana, especificamente, o que me atinou foi o fato de que precisamos de fantasias para viver. Não só nos aspecto sexual, como o texto viceja, mas vivemos em prol de fantasias que criamos, acreditamos e realmente são necessárias (as saudáveis no aspecto social geral).

Dentro de toda essa amplitude e carga contextual, convido para a leitura do texto por esse link http://bit.ly/2DT54RI para seguir a trilhas e passos que procurei tomar para chegar na arte publicada.

Fico por aqui no aguardo de comentários, compartilhamentos, sugestões e o que mais quiser inserir logo abaixo.
Um abraço.
Luciano Salles.

Participe agora!
Olá, tudo bem?
Já conhece o canal Fora do Plástico? É uma conta no Instagram que fala basicamente sobre quadrinhos.
É incrível como eles dominam bem as possibilidades que a rede social proporciona. Os conteúdos são sempre muito bem escritos, de extremo bom gosto e imparcialidade. Siga a conta e depois me diga, nos comentários, se estou exagerando ?
O mesmo Fora do Plástico está com um sorteio chamado: combo Luciano Salles. As instruções para concorrer estão nas imagens ao lado e basta clicar nelas para participar.
Participe agora!
Participe do sorteio, aproveite os links da Black Friday da Amazon que disponibilizo com cupom ¹FRETEGRATIS (abaixo explico como usar o cupom) – https://amzn.to/2qVmLJi – e fique muito bem informado sobre o mundo dos quadrinhos com o Fora do Plástico
¹Você deve inserir o cupom FRETEGRATIS abaixo do seu carrinho. O desconto será aplicado na página de conclusão da compra.
Um abraço e boa sorte!
Luciano Salles.
Ilustração para a Folha de S.Paulo por Luciano Salles
Olá, tudo bem?
Tempos confusos produzem em mim certa desordem. Fico angustiado, por vezes desestimulado mas desistir não é uma opção. Luto ferrenhamente contra isso com yoga e, se preciso for, auxílio médico.
Já percebeu que existem ambientes que não te fazem bem? Então, este é o impacto que as redes sociais me provoca e por isso pouco tenho acessado. Apenas o suficiente para divulgar meus trabalhos. 
Esse não é um post político onde repetirei os termos da moda que repercutem exaustivamente, discursos efêmeros, disputa de likes, engajamentos setorizados em contas de Instagram, Twitter ou Facebook onde hashtags elegem presidentes, impulsionam e destroem celebridades, desmembram comunidades e disseminam ódio.
Este é um post sobre ilustração, sobre ser quadrinista e sobre não desistir sob pretexto algum. 
Sendo sincero, esta é uma postagem que escrevo para mim. Para me energizar, para renovar as crenças no meu potencial, no meu desenho e no meu trabalho como quadrinista.
Tenho cinco história em quadrinhos publicadas sendo que todas foram indicadas a prêmios. Apenas uma publicada por editora e as demais de forma independente. Não tenho um(a) agente que me represente, ilustro semanalmente para a Folha de S.Paulo e trabalho sozinho em Araraquara, interior do estado de SP.
Sketch para a ilustração
por Luciano Salles
O parágrafo acima representa o período de 03 de abril de 2012 até os dias atuais (13,9% da minha vida).
Neste mês de novembro, decidi fazer as ilustrações para os textos do Daniel Furlan de forma um pouco diferente. Vou tentar algumas mudanças no meu traço e extrapolar – ainda que sutilmente – o conteúdo da coluna publicada as segundas-feiras na Ilustrada, o caderno de cultura da Folha de S.Paulo.
Essa é a primeira ilustração do mês de número onze. Pra mim é nítido que o traço traz uma sútil diferença mas gostaria de ouvir de você: percebe isso? Se quiser comentar é só deixar suas impressões logo abaixo.
O link para a leitura da coluna “Rainha de Marte” é este: https://goo.gl/Vk58Ac
Desejo uma boa semana com forças renovadas pra mim, assim como para você.
Um abraço!
Luciano Salles.
Ilustrações para a coluna do ator Daniel Furlan, publicada todas as segundas-feiras no caderno Ilustrada,
na Folha de S.Paulo
Olá, tudo bem?
Ao invés de ficar publicando um novo post, toda segunda-feira, sobre a ilustração para a folha ilustrada, preferi consolidar todos os desenhos na última segunda-feira do mês.
Logo abaixo, junto do nome da coluna deixo o link para a leitura de cada publicação. Basta se cadastrar no site da Folha de S.Paulo para ter acesso a leitura de 10 publicações gratuitas por mês.
– O pênis https://goo.gl/bFvrnt
– Self-service https://goo.gl/yHVHK8
– O brigadeiro https://goo.gl/bfHzYj
Fique a vontade para deixar seus comentários, dúvidas e que mais desejar.
Um abraço.
Luciano Salles.

Lançamento de EUDAIMONIA na Quanta Academia de Artes
Olá, tudo bem?
Em dezembro de 2017, publiquei meu novo quadrinho chamado EUDAIMONIA e agora, em fevereiro, no dia 24 a partir das 17h, haverá um lançamento na Quanta Academia de Artes.
Essa minha nova HQ foi financiada pelo Catarse (veja mais detalhes sobre EUDAIMONIA neste link: https://goo.gl/cwcjBge conta a história de um estranho e solitário caçador que falha na tentativa de capturar “uma parte” da sua presa.
A revista é uma publicação em preto e branco, com 32 páginas impressas em papel pólen bold 90g, capa em papel TRIPLEX 350 colorida pelo talentosíssimo Marcelo Maiolo, tem o tamanho de um formato americano (17cm x 26cm), custa R$25,00.
Um detalhe legal para esse evento é que haverá um bate-papo onde proporei uma conversa sobre e os caminhos de como, ou, por onde, publicar sua HQ. Eu já tive a experiência em ter meu primeiro quadrinho (Luzcia, a Dona do Boteco)  em formato de fanzine, depois publiquei de forma independente (O Quarto Vivente), publiquei pela editora MINO (tive a honra de inaugurar o catálogo com L’Amour: 12 oz), voltei a publicar de forma independente (Limiar: Dark Matter) e agora, com EUDAIMONIA, tive meu primeiro contato e sucesso com um financiamento coletivo.
A Quanta é um espaço extremamente agradável e muito, muito fácil de chegar. É só descer no metrô Ana Rosa e sair sentido da Rua José de Queiros Aranha, caminhar 200m e chegar até o número 246.
Convide aquele amigo(a) que tenha deixado de ler quadrinhos para ir ao evento. Incentive ele(a) a conhecer os quadrinhos produzidos no Brasil.
Nó vemos lá.
Um abraço!
1º Laranja Comics
Olá, tudo bem?
Sou um dos convidados para o 1º Laranja Comics – encontro de quadrinista e ilustradores, que acontece em Limeira – SP. Realizado pelo Espaço Nerd, Estúdio Monolito e pela DVDSHOP, este é um evento que tem tudo para dar certo!
Com entrada franca, o encontro acontece na Rua Visconde do Rio Branco, 302. Haverá palestras, workshops, vendas de quadrinhos e outros produtos com descontos de até 20%, sorteios e mais algumas surpresas. Confira direto no link acima do Espaço Nerd ou do Estúdio Monolito.
Eu estarei com meus exemplares dos meus quadrinhos O Quarto Vivente Limiar: Dark Matter além de alguns prints. Nos vemos por lá.
Um abraço.

Luciano Salles

Fráuzio Frenesi Tesão, por Luciano Salles

Olá, tudo bem?


Estarei no UGRA Fest, que acontece no SESC Belenzinho, nos dias 08 e 09 de julho. Na realidade, estarei somente no dia 09, perambulando por ali, com apenas 5 edições de Limiar: Dark Matter e O Quarto Vivente.

Um dos destaque do evento é a exposição Marcatti 40, que celebra os 40 anos de empenho aos quadrinhos do grande Marcatti! Fui convidado para participar desta exposição. Todos os artistas convidados tinham a deliciosa tarefa de fazer um Fráuzio, icônico personagem lazarento que somente poderia ter saído da mente do Marcatti.

Apesar de não ter mesa junto dos quadrinistas, meu amigo Bräo abriu uma brecha na sua para me acolher neste domingo.

Então, se estiver em SP, está feito o convite para visitar o UGRA Fest, no SESC Belenzinho, conhecer um monte de quadrinistas independentes e seus

Sketch de Fráuzio Frenesi Tesão, por Luciano Salles

trabalhos além de poder apreciar a exposição Marcatti 40.

Nos vemos no domingo!
Um abraço.

Luciano Salles.

Olá, tudo bem?

As coisas mudam e acredito que isso seja muito bom. Se procurar em algumas postagem do início do ano, havia comentado que não participaria de nenhum evento de quadrinhos em 2017 e, provavelmente, 2018. Mas conforme iniciei este parágrafo, as coisas mudam! Recebi algumas mensagens e e-mails perguntando se eu não estaria na CCXP 2017 pois não havia compartilhado aqui no blog e em minhas redes sociais, nada sobre ter sido aprovado para ter mesa no evento. Antes de mais nada, fico realmente lisonjeado com as mensagens.
Sim, estarei na CCXP 2017 com minhas HQ O Quarto Vivente, Limiar: Dark Matter, dois prints e um lançamento. Por enquanto minha ida só está sendo possível graças ao apoio cultural do Colégio Pueri Domus Araraquara, que agradeço em nome da Mônica Zaher. Muito obrigado de coração, Mônica!

Print produzido exclusivamente para a CCXP 2016

Ok, está certo, sei que escrevi print, uma palavra que há poucas semanas causaram um alvoroço entre desenhistas, quadrinistas, ilustradores e demais. Confesso que li alguns poucos argumentos mas enfim, levarei dois novos prints por alguns motivos:

A CCXP não é apenas um evento focado nas histórias em quadrinhos. É simplesmente o maior evento de cultura pop da América Latina.

Algum destes prints podem chamar a atenção de alguém que esteja passando pelo Artists’ Alley e que não tenha tanto interesse em quadrinhos. Se essa pessoa chegar até minha mesa pela imagem de um print, com certeza vou apresentar meu trabalho, mostrar meus quadrinhos e conversar de boa com esse(a) possível comprador(a). Pode ser que eu venda somente este print para essa pessoa, pode ser que eu agregue nesta venda uma ou duas HQ, pode ser que essa pessoa, que não tinha o hábito de ler quadrinhos, tome gosto pela leitura e assim, quem sabe, temos um novo leitor.

Penso que os prints não inviabilizam meu trabalho como quadrinista até porque o que eu faço são histórias em quadrinhos. Simples assim.

Comic Con é um evento caro para os expositores. São 5 dias de exposições, moro a 300km da do evento, tenho que ficar em hotel, pagar o aluguel da mesa, alimentação, transporte e tantos outros itens e despesas. Fiz a opção de viver somente pelos quadrinhos. E o que isso significa? Que toda a minha renda provém somente do meu trabalho como quadrinista e tudo mais o que possa envolver essa profissão. Desta maneira, agregar a venda de prints na CCXP é fundamental para mim.

Tem um bom post sobre essa controvérsia Print Vs HQ no blog do Brão Barbosa. Aqui está o link: Print ou quadrinho? Ou os dois?

Imagem de Eudaimonia, retirada do meu Instagram

Fazia quase duas semanas que não atualizava o blog e sei que tenho atualizado bem menos por um bom motivo: logo que puder, revelo Eudaimonia* por aqui. Já coloquei alguns fragmentos de páginas na minha conta do Instagram.

*O termo “eudaimonia” pode ser entendido com um perfeito ajuste na ordem cósmica.

Fico por aqui com a satisfação de poder publicar (ainda não sei como) uma nova HQ em 2017.

Conto com seu comentário, compartilhamento, perguntas, dúvidas, curiosidades ou mesmo surpresa por essa “nova novidade novissíma e eudaimonica”.

Um grande abraço!

Luciano Salles.

Curso com Luciano Salles na Memento 832

Olá, tudo bem?

Geralmente sou convidado para dar cursos sobre o universo que abrange os quadrinhos em escolas de artes, desenhos e, é claro, histórias em quadrinhos, mas sempre em São Paulo e outras cidades. Desta vez vou coordenar um destes cursos aqui em Araraquara, na Memento 832.
O curso Entenda seu estilo de desenho e narrativa foi desenvolvido para os cursos de férias de 2015 na Quanta Academia de Arte, uma linda escola em SP. Como o resultado foi muito legal, repliquei ele também no Instituto HQ.
Acredito já haver uma demanda – aqui na cidade onde moro – para isso e este, deve ser o primeiro de alguns cursos e oficinas sobre quadrinhos que vou ministrar na Memento 832.
Seguem os dados do curso:
– dia 22/02/2017
– horário das 19h às 22h
– investimento (custo) de R$80,00
– idade mínima de 16 anos
– Somente 8 vagas!
– inscrições pelo e-mail contato@dimensaolimbo.com
Aguardo sua inscrição!
Muito obrigado.
Luciano Salles.