Posts

Teresa, eu e a Gabriela, na Mondrian Ambiente, empresa
que me apoia para ir pra CCXP 2019
Olá, tudo bem?
Desde 2014, ano da primeira Comic Con Experience, procuro apoio cultural para ir ao evento. O custo total que 5 dias de convenção mais dois dias extras (um antes e outro depois do trabalho), pesa no bolso.
Viagens, transporte dentro da cidade de São Paulo além de ir e voltar todos os dias para o evento, alimentação, aluguel da mesa da CCXP, cafés (muitos) e principalmente, hospedagem, quando somados na ponta do lápis, avoluma-se em uma alta fatura.
Tenho vários pontos onde me hospedar em SP mas procuro ficar em um hotel bem próximo ao São Paulo EXPO – que é o prédio que acolhe a CCXP – pois consigo chegar rápido depois do dia de trabalho e assim descansar um pouco, fazer livro caixa do dia, me alimentar tranquilamente para o próximo e intenso dia de evento.
No meu caso, participar de uma convenção desse porte e sabendo que em alguns dias terei uma fatura a pagar, só traria ansiedade em fazer vendas e mais vendas para a quitar a dívida e contabilizar meu lucro. Poderia me levar a perder a espontaneidade e interação que tanto gosto de ter com as pessoas que conhecem e apreciam meu trabalho como as que ainda não.
E assim, para a CCXP 2019, renovei o apoio cultural com a Mondrian Ambiente, que aceitou cuidar da mesa do evento. Gosto de usar a palavra “cuidar” pois é exatamente isso! Sei que enquanto estiver sentado ali, trabalhando, vendendo e autografando algumas revistas, minha atenção também estará na materialização de um pedaço da Mondrian ali comigo, dando suporte e tranquilidade.
Agradeço a Teresa e a Gabriela, que me acompanham desde 2012 nesta caminhada e, como sempre comento com elas, tenho a Mondrian com uma extensão da minha casa.
Aliás, você que mora em Araraquara já conhece a Mondrian? Se sim, sabe que é realmente um lugar especial e agradabilíssimo. Se ainda não conhece, programe-se para passar algumas horas ali e conhecer tudo o que o espaço pode oferecer.
É isso!
Grande abraço.
Luciano Salles.
Mulher-Maravilha por Luciano Salles em 2016
Olá. Tudo bem?

O nome do post ficou estranho com tantos termos em inglês porém necessário, e até comum, para os que mais visitam meu blog. Se você não está habituado com histórias em quadrinhos e cultura pop, explico.

– Commission é um termo inglês cuja tradução imediata seria comissão, que por sua vez, significa “aquilo que alguém foi incumbido de”.

– Wonder Woman é o nome em inglês da icônica personagem, Mulher-Maravilha.

Template é outro termos em inglês que significa, modelo.

Trazendo para nossa língua portuguesa o nome da postagem seria: Encomenda de uma arte exclusiva da Mulher-Maravilha e mudança do modelo base padrão do meu blog.

MUDANÇA DE TEMPLATE
Hoje vou alterar o template que uso desde 2012 no meu blog. O motivo da troca é que agora o usarei um template responsivo e assim, ficará melhor adaptável e responsivo ao uso em celulares, tablets e computadores.

Já fiz todos os testes necessários e logo perceberá que o blog mudará. A alteração completa deve durar uma semana pois vou atualizando um pouco por dia e, ao final da troca, tudo ficará melhor e com as mesmas funcionalidades.

COMMISSION: WONDER WOMAN
Hoje começo a pensar, pensar e pensar para depois rascunhar a Mulher-Maravilha que recebi como encomenda. Quando tiver o trabalho pronto faço uma postagem especial sobre esse arte com imagens desde o primeiro rascunho, vídeos até chegar na arte finalizada.

É bem provável que essa arte vire um print exclusivo para ser vendido na Comic Com Experience 2019.

Seu comentário é sempre muito bem vindo!

Um abraço.

Luciano Salles.
Confirmação recebida por e-mail
Olá, tudo bem?
É com muita satisfação que comunico que estarei novamente no Artists’ Alley da Comic Com Experience 2019. Ontem chegou o e-mail de confirmação e agora posso revelar o que terei comigo no evento.
Não terei minha HQ que se chamaria “Duplo, eu”. Vou mudar o nome pois a editora NEMO acabou de lançar uma revista exatamente com esse nome. Provavelmente só consiga terminar ela em 2020.
Mas, como disse no primeiro parágrafo, revelo o que terei comigo na CCXP 2019:
01. Uma nova HQ;
Isso mesmo! Estou trabalhando em um novo quadrinho que estou tratando como, e de forma carinhosa, um novo recomeço (desculpe a redundância). Nada será revelado até eu ter o trabalho pronto para a impressão.
02. Um print da Mulher-Maravilha;
Já tenho um pedido de commission para essa Mulher-Maravilha e a ideia está tão legal na minha cabeça que vai virar um bonito pôster.
03. Meus antigos trabalhos em quadrinhos e outros prints não tão novos;
Estarei com EUDAIMONIA, Limiar: Dark Matter e O Quarto Vivente; essas duas últimas com suas tiragens chegando ao fim. Devo ter menos de 100 exemplares de O Quarto Vivente e umas 200 unidades de Limiar: Dark Matter.
Fico por aqui com essa nova seleção que me deixou muito feliz e sempre agradecendo a curadoria do evento por, mais uma vez, acreditar no meu trabalho.
Um abraço.
Luciano Salles.
Olá, tudo bem?
Tive a honra de participar do podcast imaginário nº 1, do camarada e também quadrinista, Leandro Damasceno. Deixo aqui o link direto para o podcast mas também o incorporo.

Espero que goste da conversa que fluiu por quadrinhos, trabalhos fora das HQ, pessoas travadas em porta giratória de banco, broa com café, quitandas e um pouco mais.

Agradeço mais uma vez ao Leandro Damasceno pelo convite.

Fico por aqui. Saiba que seu comentário é sempre muito bem vindo e será respondido.

Um abraço.

Luciano Salles.

Olá, tudo bem?
Seja bem vindo se é um(a) novo(a) leitor(a). Se já visita o blog, obrigado por mais essa leitura.
Ilustração para o jornal Folha de S.Paulo, por Luciano Salles
Toda semana ilustro para o jornal Folha de S.Paulo, a coluna do psicanalista Contardo Calligaris. O nome do texto da última edição de quinta-feira era “As mulheres têm desejos e fantasias” (clique no nome da coluna para lê-la).
Como sempre faço, assim que recebo o texto, no começo da noite de terça-feira, leio uma primeira vez para ter um entendimento básico e logo após, uma segunda leitura vasculhando meandros entre os parágrafos.
Feito isso, vou dormir às 20h30 para acordar às 3h da quarta-feira e iniciar o trabalho da ilustração. Fiz todo o procedimento como de costume e já finalizando as cores do desenho, minha esposa – Lilian  Penteado – veio até meu estúdio e perguntou o que eu havia desenhado.
Ela olhou, leu novamente o texto (ela já havia lido na noite anterior) e me disse: “o desenho está lindo mas existem inúmeras maneiras, olhares e ângulos para se desenhar um livro gozando“. Conversamos um pouco mais e ela ainda continuou, “não é você mesmo sempre fala que o homem é um fusca e as mulheres são disco voadores”.
NOTA: Por vezes faço essa relação; “os homens estão para as mulheres assim como um fusca está para um disco voador”. Não estou dizendo que um disco voador seja melhor que um fusca. Não é isso. Ambos tem a mesma função de transportar mas cada um com suas peculiaridades.
Desenho que havia feito para ser publicado e que contou
com a editoração da Lilian
Peguei uma nova folha já com a ideia para o novo desenho que é o que abre a postagem e recomecei a arte pelo qual fui elogiado. O próprio Contardo enviou uma mensagem dizendo que havia recebido vários e-mails – principalmente de leitoras –, elogiando a ilustração.

Esse desenho ao lado era o que enviaria para ser publicado.

Desta maneira, todos os méritos e adjetivos que recebi pela ilustração, preciso dividir com minha esposa e por vezes, editora, Lilian.
Fico por aqui.
Um abraço.
Luciano Salles.
Olá, tudo bem?
Minha loja na Amazon era através da minha produtora cultural, entretanto tive que baixar o CNPJ da empresa e me cadastrar como MEI. Desta forma, cancelei minha conta na Amazon com o CNPJ baixado e cadastrei uma nova como MEI.
E agora a nova loja já está funcionando! Você pode adquirir minhas HQ por lá. Ainda não consegui inserir O Quarto Vivente por um problema na plataforma, mas logo será resolvido.
Você já pode comprar agora sua edição de EUDAIMONIA e Limiar: Dark Matter pela Amazon clicando diretamente nas revistas abaixo!

Sempre lembrando que eu mesmo envio as HQ e por isso sempre seguirão autografadas e com dedicatória.

Garanta seus exemplares ou presenteie um amigo ou amiga com quadrinhos. Sempre são excelente presentes.
Um abraço!
Luciano Salles
Olá, tudo bem?
O tão falado caso “amoroso” e policial, Najila e Neymar, não tem nada a ver com o Robert Smith, icônico vocalista da banda inglesa The Cure. Apenas calhou de ter seu nome junto aos outros no título da postagem.
Semanalmente colaboro junto do psicanalista, escritor e autor da série Psi, da HBO, Contardo Calligaris, ilustrando seu texto na Folha de S.Paulo. Essa semana o título da coluna foi “Najila, Neymar e os comentários”.
Ilustração para a coluna do Contardo Calligaris na Folha de S.Paulo por Luciano Salles
Em um texto assertivo, Contardo, mais uma vez, deixa latente sua visão e posiciona o leitor para refletir sobre o assunto neste mundo instantâneo de análises, julgamentos e sentenças. Convido você a fazer a leitura por esse link: http://bit.ly/2UdFNqu
Robert Smith por Luciano Salles
Já sobre o Robert Smith, eu fiz um desenho do cantor e dei de presente para um amigo de longa data em seu aniversário, que se passou na mesma semana. Só isso, nada que o vincule as peripécias contidas nos parágrafos anteriores.
É isso! Fico por aqui enquanto preparo uma curta imersão de dois meses para os meus leitores.
Um abraço.
Luciano Salles.


Sorteio SUPER COMBO
Ontem lancei um sorteio na minha conta do Instagram com dois super combos idênticos:
– EUDAIMONIA (um exemplar);
– Limiar: Dark Matter (um exemplar);
– O Quarto Vivente (um exemplar);
– Print do Superman (tamanho A4 em comemoração aos 80 anos do personagem);
– Print do Batman (tamanho A4 em comemoração aos 80 anos do personagem).
Para concorrer as regras são: seguir minha conta no Instagram, curtir a postagem – link: http://bit.ly/2XKoQH0 – e marcar um amigo ou amiga nos comentários. O sorteio acontecerá no dia 17/06 às 18h.
O ano de 2019 tem sido o ano onde mais trabalhei com ilustrações e commissions. Não posso reclamar de forma alguma dessa demanda, porém, com certeza, atrasa a produção do meu trabalho com quadrinho.
Fiz alguns trabalhos vendidos para o exterior, outros muitos dentro do nosso país, sem contar o meu trabalho semanal na Folha de S.Paulo. Todos os trabalhos para o jornal você pode conferir em um espaço próprio, com botão próprio e sempre atualizado. Deixo aqui o link para você acessar essa página: http://bit.ly/2MJZx6D
Commission: Nino & Rebeka
É isso. Um breve atualização para você, leitor do blog.
Um grande abraço!
Luciano Salles.

Commission enviada para fora do país

Ilustração para o jornal Folha de S.Paulo por Luciano Salles.
Olá, tudo certinho?
Eu recebo o texto na terça-feira ao final da tarde, por vezes no começo da noite e tenho que enviar o desenho finalizado até às 14h da quarta-feira, para a redação do jornal.
O Contardo tem um escrita fluída, de pensamentos rápidos, ligando assuntos que pouco se atrevem ou se interligam, quase como se escrevesse um ensaio; o motivo dessa postagem é tentar fatorar os meios por onde chego na ilustração que será publicada.
Ao receber o texto direto do e-mail dele, já respondo que recebi para ele ficar tranquilo com sua parte do trabalho. Combinamos o uso do e-mail pela praticidade. 
Os textos sempre dão uns “chacoalhões” e isso desde quando eu assinava o jornal físico (a mais de 15 anos). Não sei se a prática de atender pacientes em consultas o conduz para esse formato de escrita mas, de fato, para mim, sempre foi assim.
A primeira leitura que faço é apenas uma apreciação do texto e por isso, evito pensar que terei de ilustrar sobre o que estou lendo. Por muitas vezes, uma segunda leitura se faz necessária apenas para uma melhor compreensão do que foi escrito.
Sketch “podrera” por Luciano Salles.
É geralmente na terceira leitura e essa, mais nas entrelinhas, que começo a refletir sobre o conteúdo ali exposto. Como é um texto corrente, parece que tudo ali foi preenchido como um rio preenche e percorre seu leito. Esse passa a ser meu desafio.
Penso que a ilustração dever ter o poder de atrair e quem sabe, conduzir os olhos do leitor curioso para o que deve estar escrito ali. Sei que o Contardo tem seus fieis leitores mas não custa tentar angariar um novo. Por esse motivo, essa terceira leitura é bem mais crítica, onde procuro algo que o Contardo não escreveu mas ficou velado entre tantas sentenças.
Foto da página do caderno Ilustrada.

Para o texto desta semana, especificamente, o que me atinou foi o fato de que precisamos de fantasias para viver. Não só nos aspecto sexual, como o texto viceja, mas vivemos em prol de fantasias que criamos, acreditamos e realmente são necessárias (as saudáveis no aspecto social geral).

Dentro de toda essa amplitude e carga contextual, convido para a leitura do texto por esse link http://bit.ly/2DT54RI para seguir a trilhas e passos que procurei tomar para chegar na arte publicada.

Fico por aqui no aguardo de comentários, compartilhamentos, sugestões e o que mais quiser inserir logo abaixo.
Um abraço.
Luciano Salles.
Olá, tudo bem?
Esse é um post bem diferente do que costumo fazer mas tive vontade de contar minha viagem.
Precisava comprar alguns itens e suprimentos para os meus desenhos e assim aproveitei que minha esposa faz um curso de formação em Filosofia do Yoga no Instituto Paulista de Sânscrito e, de supetão, estava em São Paulo (isso na sexta-feira passada).
Arte do evento editada as pressas pelo Guilherme Lorandi

SEXTA-FEIRA

Já na capital caótica, entrei em contato com o Guilherme da Loja Monstra (antiga Gibiteria) pois sabia que haveria um troca-troca de gibis e me ofereci para estar ali, levar alguns exemplares de EUDAIMONIA e autografar.
Um detalhe importante! Eu sabia que meu amigo Orlandeli também estava na cidade e perguntei se ele gostaria de participar dessa sessão de autógrafos para quem estivesse na Monstra. Ele topou, o Guilherme deu uma leve alterada no evento e no sábado estaríamos lá.
Orlandeli e eu na Loja Monstra. Apesar de
marcado bem em cima da hora, o evento foi
demais!

Dica! Aproveito e deixo aqui meu agradecimento ao Guilherme, a Loja Monstra e convido você para conhecer o espaço incrível com muitos títulos do Quadrinho Nacional e todo catálogo de HQ que possa imaginar.


Depois de toda essa agitação on-line que fiz para o sábado, fomos eu e minha esposa na Livraria Sol, que fica no bairro da Liberdade, logo em frente a saída do metrô na Praça da Liberdade. Achei o que queria e partimos para a loja A Casa do Artista. Não encontrei o papel Winsor & Newton de tamanho A3 que uso diariamente mas havia um único bloco A4 que é o tamanho que uso para fazer as ilustrações para a Folha de S.Paulo. Garanti esse!
Por falar da Folha, eu e o Contardo Calligaris (que é o autor da coluna que ilustro para o jornal) havíamos combinado de nos encontrar para um café na Livraria Cultura do Conjunto Nacional. Finalmente nos conhecemos pessoalmente e conversamos por horas. Aqui enfatizo que o tempo aprontou, como sempre faz, quando algo é prazeiroso.
Autógrafo do Moebius em um exemplar do BlueBerry.
Falhei em não anotar o nome do dono da revista.

SÁBADO

Logo pela manhã minha esposa foi para seu curso e eu atrás do bloco A3. Fui até a Papelaria Universitária e lá encontrei o A3 mas da marca Hahnemühle. Com as mesmas especificações do Winsor & Newton que gosto de usar; tipo Bristol, gramatura alta e de superfície extra lisa, comprei e vou testá-lo em breve.
Com uma boa janela de horário até a sessão de autógrafos na Monstra, decidi ir até o MIS visitar a exposição Quadrinhos que teve a curadoria do amigo Ivan Freitas da Costa. Uma exposição linda, com inúmeros originais (inclusive esses autógrafos do Moebius), muito bem montada e disposta pelo prédio. Aproveitei por horas lá dentro mas confesso que a iluminação não me foi favorável (em alguns ambientes) pelo fato de não enxergar tão bem.
Dali fui para a sessão de autógrafos com o Orlandeli. Quer saber do resultado do evento na Loja Monstra? Foi fantástico!
DOMINGO
Logo pela manhã fui até ao Instituto de Sânscrito com a minha esposa, que teria aula até às 12h.  Queria conhecer a escola. Voltei caminhando para casa do meu irmão pois tinha o compromisso de desenhar muito com minha sobrinha, Julia. Aproveitei para fazer o trajeto por dentro do Parque da Aclimação o que deixou a manhã ainda mais agradável.
Foi um final de semana tranquilo e recompensador.
Um abraço.
Luciano Salles.