Posts

Participe agora!
Olá, tudo bem?
Já conhece o canal Fora do Plástico? É uma conta no Instagram que fala basicamente sobre quadrinhos.
É incrível como eles dominam bem as possibilidades que a rede social proporciona. Os conteúdos são sempre muito bem escritos, de extremo bom gosto e imparcialidade. Siga a conta e depois me diga, nos comentários, se estou exagerando ?
O mesmo Fora do Plástico está com um sorteio chamado: combo Luciano Salles. As instruções para concorrer estão nas imagens ao lado e basta clicar nelas para participar.
Participe agora!
Participe do sorteio, aproveite os links da Black Friday da Amazon que disponibilizo com cupom ¹FRETEGRATIS (abaixo explico como usar o cupom) – https://amzn.to/2qVmLJi – e fique muito bem informado sobre o mundo dos quadrinhos com o Fora do Plástico
¹Você deve inserir o cupom FRETEGRATIS abaixo do seu carrinho. O desconto será aplicado na página de conclusão da compra.
Um abraço e boa sorte!
Luciano Salles.
Imagem que contém resenha no instagram do Fora do Plástico
Olá. tudo bem?
Na semana passada saiu uma resenha da minha última publicação em quadrinhos pelo Fora do Plástico, uma conta do Instagram que é fantástica e basicamente fala sobre HQ. É muito legal seguir a conta e perceber como eles sabem utilizar extremamente bem a plataforma.
Conheci a Mariana e o Pedro, casal responsável pela página, no FIQ 2018. Não lembro se concedi alguma entrevista para eles que são extremamente simpáticos, interagem muito bem e de forma inteligente, com os autores.
Segue a resenha e aqui está link para você seguir o Fora do Plástico no Instagram. Com certeza vale por toda publicação que fazem!
Deixo aqui meu abraço e, logo abaixo, o link para adquirir seu exemplar de EUDAIMONIA!
Luciano Salles.

Clique na imagem para ser direcionado para minha conta na Amazon. A HQ será enviada com um autografo e dedicatória.

Resenha de EUDAIMONIA pelo Fora do Plástico
Texto por Mariana Viana.

“Eudaimonia não é um quadrinho fácil. Nada ali está explicado ou entregue de forma fácil e evidente. Na verdade, foi somente na segunda leitura que captamos alguns detalhes e nuances que Luciano Salles insere em meio a suas hachuras e traços finos em nanquim. Aqui, acompanhamos um matador de aluguel vestido de leopardo (que parece um tanto tolo) que tem uma segunda chance para efetivar sua caçada. Para isso, ele conta com a ajuda de Luzcia, a rabugenta dona de um boteco.

Com falar característico, olhar duro, e crises de artrite, Luzcia é um personagem que gera empatia no primeiro olhar (mesmo já tendo sido apresentada em um dos primeiros trabalhos do autor). O quadrinista traz para a protagonista uma força visceral feminina, que transmite a garra de uma sobrevivente, custe o que custar. Luzcia parece não conhecer o medo.

Embora a HQ não entregue muita profundidade na construção dos personagens, toda a narrativa de Eudaimonia flui facilmente, embalada pela arte única de Luciano Salles e pelo tom de suspense. É uma pena que o quadrinho seja tão curto. Terminamos com a sensação de que poderíamos ver aquela história se desenrolar por várias páginas, afinal, ela capta o leitor, deixando-o imerso no universo nonsense ali apresentado.

Você pode terminar este gibi com um ponto de interrogação ou pode se sentir inebriado pela experiência inusitada que o quadrinho proporciona, já buscando retornar à primeira página. Na verdade, não há como prever a reação de um leitor a Eudaimonia. Talvez fosse exatamente esse o objetivo do autor: despertar um resultado imprevisível em quem fecha as últimas páginas do gibi.”


Olá camarada. Tudo bem?
Estou imerso na minha nova história em quadrinhos com pode ver abaixo. E por enquanto é só isso.
Baita abraço.
Luciano Salles.

 

Olá, camarada.

Entre as páginas do meu novo projeto em quadrinhos, sempre pego uma folha em branco para fazer um desenho que não tenha nada em relação com o trabalho que estou fazendo.
Uso esses desenhos para testar pincéis, texturas, tintas e outras coisas. Ontem, finalizei a terceira página de L’Amour e comecei a rabiscar um rosto.
Eis o psicopata que emergiu.
A versão final, colorida, foi pintada digitalmente. Abaixo, a versão preto e branco, com nanquim vermelho e, um pequeno vídeo do desenho, que postei no meu Instagram.

Forte abraço.

Luciano Salles