Posts

Apoio Cultural para o FIQ 2015
Olá camarada, tudo bem?
Essa foi minha segunda participação no Festival Internacional de Quadrinhos que acontece bienalmente em Belo Horizonte. Já com toda contabilidade feita, números levantados, roupas lavadas e recuperado fisicamente da maratona de cinco dias de evento, vou direto as minhas percepções e dados:
1. O FIQ é um evento incrível. Se você é quadrinista, seja amador(a), profissional, que faz fanzines ou trabalha para o mercado editorial internacional, é de suma importância sua presença.
2. Na nona edição do evento, o número de lançamentos e mesas foi surpreendente. O evento foi focado nisso tanto que, as exposições ficaram de certa forma em segundo plano.
3. O Festival contou com mais de noventa artistas convidados e teve o importante foco na diversidade e nas meninas quadrinistas!
4. O evento sempre apresenta a famosa rodada de negócios onde você pode apresentar seu trabalho para os editores. Isso é excelente e deve ser aproveitado para quem deseja publicar editorialmente.
5. O FIQ é a grande celebração do quadrinho nacional. Isso é fato! Com tantas mesas e lançamentos – por consequência – o número de artistas explodiu. É sempre uma festa encontrar e reencontrar tantos camaradas, conhecer pessoalmente outros inúmeros que somente falávamos por meros avatares em redes sociais. Logo abaixo coloquei um monte de fotos do evento. Não deixe de conferir 😉
6. Muito se conversava sobre como estavam as vendas. Artistas perguntando para outros, editores perguntando nas mesas e estandes. De acordo com o levantamento e contabilidade final da minha participação, essa edição foi melhor em números e resultados do que em 2013. Entretanto, com o incremento de lançamentos no evento para praticamente um mesmo público, a percepção foi de vendas menores, o que de fato, deve ter ocorrido com alguns.

Fiz uma pesquisa no Twitter e esse é o resultado para uma amostragem de 41 votos:

Enquete realizada em 18/11/2015 no meu Twitter

Um detalhe que devo ressaltar: sempre vou aos eventos com apoio cultural de empresas da minha cidade. Com a máxima certeza, sem isso, minha participação não seria possível. Para o FIQ 2015, tive o apoio para hospedagem pela escola Pueri Domus e pela Aliança Francesa (muito obrigado Mônica, muito obrigado Erick). Minha alimentação foi toda com o apoio da World Game do grande e fenomenal amigo Leo. Muito obrigado a cada um de vocês!!!
7. Ah, o calor! Essa memória vai permanecer da edição de 2015. É claro que não temos controle sobre as alterações climáticas mas podemos prever com certa exatidão como estará o clima nos dias do acontecimento. 
A Serraria Souza Pinto é um local fantástico e acredito que o evento deva continuar ali, entretanto, a planta baixa e disposição dos estandes deve sempre favorecer a troca natural e a circulação de ar. Fechando todo o contorno do lado direito da Serraria com estandes e lojas, a entrada de ar foi prejudicada e desta forma, a troca e circulação do mesmo não aconteceu o que fez a temperatura se elevar dentro do espaço e por consequência aquela sensação térmica vietnamita.
Os exaustores do prédio, por algum problema técnico, não foram todos ligados e na emergência da situação, alguns ventiladores foram disponibilizados no corredor do mezanino, logo acima das mesas dos expositores. Também, por algum problema técnico ou mesmo por uma interpelação de algum órgão de segurança, estes ficaram por pouco tempo ligados.
8. Sempre, após o evento, me questiono sobre meu posicionamento como autor de quadrinhos. Muitos iniciantes, quadrinistas de primeira viagem, vinham até minha mesa para conversar ou mesmo me presentear com seus gibis. Espero que tenha sido cordial e que tenha conseguido dar a atenção necessária. De mala já basta as que levamos cheias de gibis!
Fecho aqui o texto e deixo aberto o canal de comentários para sua contribuição!
Forte abraço e te vejo na Comic Con Experience!
Luciano Salles.

Greg Tocchini – FIQ 2015
Foto por Lilian Penteado

Memento 832, Social Comics e Omelete – FIQ 2015
Foto por Lilian Penteado

Presentaço do camarada Conrado Almada – FIQ 2015
Foto por Lilian Penteado

Camilo Solano, Vitor Cafaggi e Thobias Daneluz
Foto por Lilian Penteado

Leo e Daniel, os Dioguinhos lazarentos 😉
Foto por Lilian Penteado

Alunos da Rebeca Prado
Foto por Lilian Penteado

Larissa, Camilera e Zamorano – FIQ 2015
Foto por Lilian Penteado

FIQ 2015 – Foto por Lilian Penteado 

Conrado Almada – FIQ 2015
Foto por Lilian Penteado

Trinca de três – FIQ 2015
Foto por Lilian Penteado

FIQ 2015 – Foto por Lilian Penteado
Araraquara em Belo Horizonte – FIQ 2015
Foto por Lilian Penteado

FIQ 2015 – Foto por Lilian Penteado

Camilera, Thobias e Vitor – FIQ 2015
Foto por Lilian Penteado

Mestre Maiolera, o melhor parcerô pé vermeio!
Foto por Lilian Penteado

Lilian Penteado e Rebeca Prado
Lilian Penteado e Lu Cafaggi

Douglas e Pedro Cobaico


Olá camarada, tudo certo?
Ano ímpar é ano de FIQ – Festival Internacional de Quadrinhos – que acontece em Belo Horizonte entre os dia 11 e 15 de novembro.
Estou na Mesa 01 e tenho a honra em dividir novamente com o amigo Camilo Solano! O que vou apresentar ali? Estarei com minha nova HQ, recém lançada, Limiar: Dark Matter, alguns prints bacanas e também alguns exemplares de O Quarto Vivente.
Grande abraço e nos encontramos em BH, na Serraria Souza Pinto.
Luciano Salles.
Tintin por Luciano Salles

Olá camarada, tudo certo?

Vamos logo as novidades mas antes deixo o atalho para você conferir:
Limiar: Dark Matter [Novidades 01]
Limiar: Dark Matter [Novidades 02]

Seguindo a sequência numérica:

16. Você pode se perguntar o que o desenho do Tintin – que fiz há pouco tempo atrás – está fazendo neste post. Se prestar atenção, logo junto da minha assinatura verá que o Marcelo Maiolo coloriu o desenho. É isso mesmo! Limiar: Dark Matter será colorida pelo Maiolo. A parceria que iniciamos nas cores de L’Amour: 12 oz será continuada no meu novo trabalho.

17. Dia 04/06/2015 será divulgado aqui no blog o teaser de Limiar: Dark Matter já com as cores do Maiolo.

18. Hoje recebi um e-mail do FIQ – Festival Internacional de Quadrinhos – e logo após outro da Comic Con Experience confirmando que as propostas de ocupação das minhas mesas foram aprovadas! Então estarei em BH e São Paulo com a nova HQ. Isso é demais e possível graças ao apoio cultural da Mondrian Ambiente e da World Game.

19. Enquanto o quadrinho começa as receber as cores, finalizo os desenhos das últimas páginas da revista.

Por enquanto são essas as novidades. Confesso que estou muito animado! Espero que tenha gostado.

Grande abraço.

Luciano Salles.

‘Limiar: Dark Matter’ de Luciano Salles

Olá, tudo bem?

Vamos as novidades sobre meu novo quadrinho que terá o nome de Limiar: Dark Matter. O primeiro Limiar: Dark Matter [Novidades 01] foi publicado em 06/03/2015 e você pode conferir essa postagem por aqui!

Seguindo a sequência numérica:

09. Hoje estou desenhando a página dupla 30 – 31, o que significa que já desenhei, arte-finalizei e fiz todo letreiramento de 66% da HQ. Preciso apertar o passo pois o teaser será lançado em 04 de junho de 2015.

‘Limiar: Dark Matter’ de Luciano Salle

10. Ainda não defini que pretendo convidar para escrever os textos do prefácio, posfácio e das orelhas da HQ. Tenho alguns nomes e é bem provável que no começo de maio faça os convites.

11. Já tenho alguns lançamentos agendados fora do estado de São Paulo e isso é demais!

12. O revista será uma publicação independente. Aqui faço uma ressalva que escolher essa modalidade foi uma decisão minha e nada contra a editora MINO que lançou L’Amour: 12 oz. Muito ao contrário. A MINO é uma editora fantástica, que prima muito pela suas obras e autores. Tenho um profundo respeito e admiração pelos responsáveis pela editora além de uma gratidão e honra em inaugurar suas publicações. Nada impede de um novo trabalho – após Limiar: Dark Matter – ser negociado e lançado novamente pela MINO.

13. Hoje revelo dois recortes da HQ. Espero que goste.

14. As cores, a princípio serão feitas por mim. Uma boa prosa já aconteceu com o Maiolo, mas nada é certo. O que é certo é que as cores do Maiolo são sempre impressionantes e valorizam e muito o desenho de qualquer desenhista mas ainda há tempo para isso ser decidido e muito depende também das janelas de tempo que o ele venha a ter.

15. A história que conta Limiar: Dark Matter encerra, de modo subjetivo, o que abri em O Quarto Vivente. Também acredito que você que leu O Quarto Vivente e L’Amour: 12 oz sentirá de alguma forma uma conexão em diferentes intensidades pois cada palavra e desenho toca de forma íntima e peculiar cada leitor.

Fico por aqui. Um grande abraço!

Luciano Salles.

“Ao abrir da contagem feita pelo juiz, os dez segundos são uma eternidade ensanguentada. Quando os olhares se encontram, as horas adquirem um comportamento volátil. É como um poderoso vírus mutante. De qualquer forma, o tempo castiga os eleitos que amam. É dessa maneira que L’Amour: 12 oz se conduz dentro das histórias de quatro personagens. O velho pugilista (M) nos orienta em tudo, do início ao fim”.



Olá camarada. Tudo certo?
Aqui está o teaser da minha nova HQ e que deve ser lançada em novembro de 2014.
O subtítulo oz é referente a unidade de medida inglesa de massa onça.
Doze onças é o exato peso das luvas de boxe que os lutadores da categoria peso pesado usam.
Aqui pelo Dimensão Limbo você pode acompanhar o desenvolvimento da revista e todas as novidades que ela trará! 

Baita abraço!


Luciano Salles.