Posts

Olá, camarada.

Entre as páginas do meu novo projeto em quadrinhos, sempre pego uma folha em branco para fazer um desenho que não tenha nada em relação com o trabalho que estou fazendo.
Uso esses desenhos para testar pincéis, texturas, tintas e outras coisas. Ontem, finalizei a terceira página de L’Amour e comecei a rabiscar um rosto.
Eis o psicopata que emergiu.
A versão final, colorida, foi pintada digitalmente. Abaixo, a versão preto e branco, com nanquim vermelho e, um pequeno vídeo do desenho, que postei no meu Instagram.

Forte abraço.

Luciano Salles