Posts

Olá, camarada. Tudo certo?
Vira e mexe, costumo fazer algumas homenagens. Essa era uma que já queria fazer a tempos…
A singela homenagem ao icônico Ziraldo, veio em forma da cativante ‘The Supermãe’, ou, Dona Clotilde, quando na sua mais pura forma.
Criada em 1969, hoje ela contaria com recursos que nem seu protegido filho Carlinhos, mesmo em sonhos, imaginaria por onde escapar.
Forte abraço!
Luciano Salles.
Olá, camarada horroshow! Tudo bem?
Denny Colt, é um heroi sem poderes, mascarado e possui uma ótima combinação de jab e direto! É bem mais conhecido por sua elegante roupa azul e pelo nome The SpiritSem contar que é criação de Willian Erwin Eisner, ou simplesmente, o mestre dos enquadramento, Will Eisner.
‘The Spirit’ por Luciano Salles
Essa será mais uma peça numerada que levarei para o FIQ 2013 que esse ano promete muito!
Forte abraço!
Luciano Salles.

Olá camaradas.

Esse video foi feito no estúdio do baterista Pericles Zuanon. Um desenho encomendado por ele, que é endorse da Soultone!
E justamente nesse dia, enquanto desenhava, tomei várias picadas de pernilongo. Hoje, estou com dengue!
Sim, já confirmada por exames de sangue e teste diversos!

Ok, agora assista ao video!

‘One Man Band’
Camaradas…
Sempre tenho vontade de desenhar robôs. E quando dá uma brecha….sai um.
Apresento ‘The Butcher’ e suas etapas.
Grande abraço a todos!

The Butcher.
The Butcher recebendo pintura com marcadores
Prismacolor.
Traços em nanquim.
Estou ficando (cada vez mais) fascinado por máquinas.
Tratores então, nem se fala.

Britadeira, basculante, trator com esteira, cabines estreitas, cabines largas, pequenos e imponentes, asas, traquitanas, engenhocas, pá carregadeiras, pneus, alavancas, pistões e seguiria com milhões de exemplos.
Abaixo um sketch que produzi aqui em Paris que mesmo com suas reformas urbanas ultra organizadas, não atrapalham a vida da cidade e muito menos sua beleza!
Le premier de la classe.
Sim, camaradas, aqui tenho alguns trabalhos recentes e quem tem dado bastante repercussão.
Se isso é bom?
Isso é ótimo!
Salute!

Water to wine – Commissions

Biotech Is Godzilla – Moleskine

Urban art – SESC + Posca
Adoro o filme Blade Runner.
Então, estou fazendo esse Noir Retrofit Taxi. E gostei tanto que participarei do Sketchbook Project 2o13 preenchendo meu Moleskine somente com veículos desse tipo.
Vejo vocês por aí…
Noir Retrofit Taxi – por Luciano Salles
Andei um pouco afastado do blogue mas confesso que foi pura desorganização minha. Falta de tempo não existe!  Desorganização sim! 
Mas vamos lá.
Saiu uma matéria bem legal no saite SOC! TUM! POW! que é um blog de quadrinhos! Só quadrinhos! A resenha inclui também uma entrevista muito bem inserida ao texto. 
Leia toda matéria aí em baixo ou AQUI! e conheça o SOC! TUM! POW! blogue do Doctor Doctor, ou simplesmente, Gustavo Vícola.

POR DOCTOR DOCTOR EM 17 DE SETEMBRO DE 2012 NENHUM COMENTÁRIO

Dono de um estilo característico que mistura elementos como o detalhismo grotesco de Rafael Grampá e a escatologia de Lourenço Mutarelli e de Marcatti, o ilustrador paulistano Luciano Salles estreia como quadrinhista em Luzcia, a Dona do Boteco.
A HQ de 18 páginas conta a história de Luzcia, a idosa proprietária de um bar bastante decadente e com o qual ganha a vida para lidar com seu maior problema: a artrite.
“O bar de Luzcia tem uma birita batizada que é um horrorshow“, explicou Salles em entrevista concedida ao SOC!. “Ela é uma senhora que vive com uma miséria de pensão do governo e tem uma artrite generalizada. Por isso, criou lá no boteco mesmo métodos alternativos para resolver a situação. É um boteco comum, para vender cachaça. Não espere encontrar um green label lá.”
Ainda que não revele o que é esse “método alternativo”, Salles adianta: “Ela precisa pagar suas contas, seus remédios e tudo mais. Luzcia é sozinha. Então ela tem guardado um coice de mula para os momentos necessários.”
Segundo o quadrinhista, Luzcia, a Dona do Boteco foi criada para que ele pudesse se apresentar no mercado de quadrinhos e com a conclusão do trabalho, já prepara sua segunda HQ autoral: O Quarto Vivente. “Era para ser uma história bizarra que depois de pronta se mostrou uma história de amor. Bom, pelo menos no meu ponto de vista”, explicou.
Com tiragem limitada, Luzcia, a Dona do Boteco custa R$ 15 e está em vias de esgotar. Os interessados devem encomendá-la através do blog Dimensão Limbo ou entrar em contato direto com o próprio Salles através do e-mail lucianosalles@me.com.
Veja abaixo algumas páginas da HQ:
 
Após ler o material, percebi o maior problema dessa HQ é ser curta. Afinal, a arte de Salles é rica e entretém a cada quadro. Com seu estilo grotesco e incômodo, ele se destaca dentro de sua proposta e faz um trabalho muito criativo. Ao final, estamos órfãos de sua arte e ansiosos pelo próximo trabalho. Espero que não tarde a sair.
Para finalizar, um vídeo de Luzcia, a Dona do Boteco:

Escrito por Doctor Doctor

Rapeize!
A primeira edição da banda desenhada ‘Luzcia, a dona do boteco’ está acabando!
Sim, são 1oo números autografados com o nome do comprador e agora, para acabar com as últimas edições do primeiro lote, vou fazer um desenhão junto com o agradecimento. Se ainda não conhece a revista de uma olhadela no video abaixo.
Então vai lá! Se ainda não comprou é a chance de você ter a primeira edição da minha HQ!
Mas, se preferir depósito bancário, envie um e-mail para: lucianosalles@me.com
Cheers!

Se ainda não conhece a revista de uma olhadela no video!