Posts

Minha MESA H01, sempre ao lado do amigo
Camilo e agora do seu irmão, Aldo Solano.

Olá. Tudo bem?

Cheguei em casa, em Araraquara, na segunda-feira, às 20h, depois de muito trabalho na CCXP e poucas horas de sono. Ainda tenho o dia de hoje para me recuperar pois amanhã já começo um trabalho com algumas ilustrações que ficarão bem legais mas isso fica para um próximo ¹post.
Antes do saldão de balanço, preciso agradecer as empresas que me apoiam, dão suporte e conforto para minha estadia e ida até a CCXP.
Muito obrigado Mônica e o Colégio Pueri Domus Araraquara! Sem vocês não conseguiria trabalhar com a tranquilidade e descanso necessários para atender tantos leitores da melhor forma possível. Muito obrigado Teresa e a Mondrian Ambiente e também ao Elio Lio e a World Game. Foi por vocês que trabalhar na mesa do evento foi muito, mas realmente muito mais fácil! Muito obrigado Marcella e ao espaço Shanti Yoga, onde aprendo a respirar, a viver o agora e não deixo meu corpo derreter flacidamente – durante todo ano – na minha mesa de trabalho. Valeu Piva, Cris e Portal Informática pela cadeira gamer absurdamente confortável (recomendo para qualquer desenhista essas cadeiras!). E muito obrigado Leandro e Visual Comunicação pelos incríveis banners.
Empresa parceiras, que entendem minha necessidade como artista e que aceitam minhas contrapartidas. Muito obrigado!

Para finalizar, muito obrigado a minha esposa, namorada, melhor amiga do mundo e também minha professora de Yoga, Lilian Penteado, que passou um frio danado, trabalhou pesado recebendo os leitores, cuidando das vendas e fazendo o caixa do evento com todo amor e carinho do mundo! E muito obrigado Ivan, por entender minha necessidades.

Já tenho uma ²postagem pronta sobre os apoios culturais e que ainda esse ano, disponibilizo aqui. Fique ligado!

Saldão de balanço.
Ter o privilégio de ser selecionado e estar em uma das mesas da CCXP é uma experiência incrível. É quando saio da minha toca interiorana para receber leitores e leitoras de todo Brasil, pessoas que gostam das minha HQ, desenhos, traço e também onde consigo apresentar meu trabalho para quem não conhecia meus quadrinhos.
No sentido comercial, é o evento onde faço o maior número de vendas e por consequência, tenho uma maior margem de lucro. Claro que não são somente vendas de quadrinhos pois incremento minha mesa com prints, venda de desenhos originais, sketches e sketchcovers.
Entenda que esse não é um evento somente de quadrinhos como, por exemplo, o Festival de Quadrinhos de Belo Horizonte ou somente, FIQ. Os quadrinhos na CCXP funcionam como o coração pulsante de tudo aquilo. É um evento que abrange toda cultura nerd, geek e o que mais a cultura pop engloba. Desta maneira, a convenção agrega o mais diverso público e isso também é contabilizado nas vendas da minha mesa.
Camarada Forlani ♥️
Foto por Lilian Penteado.

Amigos, camarada e colegas.

Cada vez tem se tornado mais difícil encontrar e conseguir conversar tranquilamente com outros autores. São sempre algumas poucas palavras em um encontro furtivo numa saída para ir ao banheiro ou comer algo. Peço desculpas se deixei de cumprimentar alguém que, por acaso, tenha cruzado pelo caminho.
Fico por aqui. Sei que foi um post breve e até superficial mas o cansaço está pegando. Os comentários estão abertos para você participar ativamente do blog e com certeza responderei.
Grande abraço.
Luciano Salles.

Gerações bem diferentes porém similares.
Foto por Marcelo Forlani.
Ivan de cosplay de Wolverine para não mostrar a cutis
cansada. Eu e a Lilian caímos nessa, ahahah!
Foto por Larissa Sartori.
Tranquilamente fumando minha caneta. Foto
por JP, do Melhores do Mundo.
Meditando no saco do Sansão.
Foto por Lilian Penteado.

Com Jeff f. King, meu novo amigo gringo,
que pediu um sketch em seu caderno
que tinha desenhos do Tim Sale, Jae Lee,
Bengal, Bill Sienkiewicz e agora meu!
Foto por Lilian Penteado.
Observando o tríceps do John Romita Jr,
com as mão para trás como forma de

respeito e admiração pela arte do camarada.
Foto por Lilian Penteado.

Minha esposa e eu, ambos cansados
(a foto mostro isso nitidamente) mas
felizes. Obrigado, namorada ♥️

Com o camarada Fernando Caruso, que levou o
Savage Dragon e é a única pessoa que conheço
que tem da edição nº 1 até a última lançada!
Foto por alguém.
Longo bate-papo antes da Spoiler Night com
Danilo Beyruth e Leo Finocchi.
Foto por Lilian Penteado.
Com o super cineasta Guilherme Bonini, o Luiz da
TARP Comunicação e o fantástico fotográfo Lucas Tannuri.
Essa foi a trupe responsável pela imagens da Loja da LUPO.
Foto por Lilian Penteado.
Esse é o banner que usarei na MESA H01.
Imagem retirada de EUDAIMONIA.

Olá, tudo bem?

É incrível como “de repente” a Comic Con Experience chega! O evento é anual e quando menos espera, a convenção está na sua cara e você imerso em expectativas, seja sua primeira, segunda, terceira ou mesmo que tenha conseguido mesa no Artists’ Alley em todas as edições ou ainda, que vá como expectador daquele universo de informações, atividades, convidados, tentações e novidades.

Você me encontrará na MESA H01 e a imagem ao lado é do banner que ficará atrás da minha mesa.

Essa é minha quinta participação no Artists’ Alley da CCXP e para este ano não terei nenhum quadrinho novo pois o mesmo, está no forno, ainda na fase do roteiro.

Retornando ao foco do post, vamos ao que apresentarei em minha MESA H01:
01. QUADRINHOS
Esse é o carro chefe do meu trabalho e lá terei as edições de (clique nos nomes das revistas para saber mais sobre elas):
EUDAIMONIA por R$25,00;
Limiar: Dark Matter por R$35,00;
O Quarto Vivente por R$20,00.
Prints que terei em minha mesa, além de alguns
outros mais antigos.

02. PRINTS E ORIGINAIS

Fiz duas artes exclusivas para o evento sendo que uma é em comemoração dos 80 anos da criação do Superman (criado em 1938, por Jerry Siegel e Joe Shuster) e um desenho do Batman pois o Batman é foda! As cores do Batman são do Wesllei Manoel.

Prints tamanho A3 por R$25,00;
Prints tamanho A4 por R$20,00;
– Original do Superman já vendido;
– Original do Batman por R$750,00;
– Outros originais terão preços variados

Observação importante: A arte do Batman está em negociação mas você pode demonstrar interesse ou fazer sua oferta através do e-mail lucianosalles@me.com

03. SKETCHES
A partir deste ano vou cobrar por sketch  em cadernos e similares:
Sketch em cadernos de tamanho A5 e A6 por R$40,00;
Sketch em cadernos de tamanho A4 por R$65,00.

04. SKETCHCOVERS
Em sketchcover vendidos na CCXP:
– Feito na capa da revista e no evento por R$95,00 (o desenho, neste caso, é um pouco mais elaborado do que um sketch normal, citado no item acima)
– Feito na capa da revista e no meu estúdio por R$180,00 (levo a revista para Araraquara, faço o desenho e devolvo via SEDEX. Nesta modalidade o desenho é feito como se fosse uma commission – encomenda particular de um trabalho – e o valor do SEDEX é cobrado a parte).

Se estou indo para a CCXP é porque tive o apoio cultural e incondicional de pessoas e suas empresas que acreditam em meu potencial com o artista e que possibilitam estar ali. Agradeço de coração meus patrocinadores que são o Colégio Pueri Domus Araraquara (muito obrigado Mônica), Mondrian Ambiente (muito obrigado, Teresa), World Game (muito obrigado ao fenômeno, Elio Lio), Escola Shanti Yoga (muito obrigado, Marcella), Portal Informática (muito obrigado Piva e Cris) e Visual Comunicação (muito obrigado, Leandro).
Empresas de Araraquara que apoiam culturalmente minha ida para a Comic Con Experience, a maior convenção de quadrinhos e cultura pop do ocidente!
E com essa postagem, fecho as informações que precisa saber sobre o meu trabalho para a CCXP 2018. Durante o evento, o blog não será atualizado e minha loja online na Amazon entrará em recesso. Só volto para o blog uma semana após o evento.

Espero sua visita na minha MESA H01.

Um abraço.

Luciano Salles.

Batman: gárgulas por Luciano Salles. Cores por
Wesllei Manoel.

Olá, tudo bem?

Chegou a hora de divulgar o segundo print exclusivo para a Comic Con Experience 2018 e com as cores por Wesllei Manoel.

Como o Marcelo Maiolo – meu parceiro de cores e amigo #redfootpower – estava atribulado com tantos títulos para colorir e prazos, pedi a ele e ao Ivan Freitas indicações de coloristas para o desenho. Tive os nomes e assim que vi o trabalho do Wesllei, já sabia quem seria o camarada para essa parceria.
Ele é colorista agenciado pela Chiaroscuro e você pode conferir seu trabalho no portfólio da Chiaroscuro.

Pedi a ele uma breve biografia para apresentá-lo a você e segue o que enviou: “2017 foi um ano de estreias para Wesllei Manoel, tanto na Chiaroscuro Studios quanto no mercado de quadrinhos nacional e internacional. Já havia feito algumas participações em HQ’s autorais mas nenhum título só dele. Até agora passou por 3 Editoras, estreou na revista “Kiss Annual” para Dynamite e desde então passou pelas Revistas Librarians (Dynamite), Tintan (Amigo) e por uma série de revistas com o tema WWE para a BOOM Studios.”

Esse é o segundo desenho que fiz exclusivamente para a CCXP 2018. Quando pensei em desenhar um Batman, queria que, de alguma forma, o Coringa estivesse envolvido. Não queria colocar somente os dois para lutarem ou coisa assim. Preferi então deixar sugestionado a presença do lunático piadista. As gárgulas foram consequências para que uma delas levasse o arqui-inimigo do Homem Morcego a marcar seu território.

As cores que eu estava fazendo para o desenho não estavam ficando legais. Tentei bastante mas chega uma hora que um colorista com melhores resoluções do que as minhas, teria que entrar em ação e assim foi feito.

Arte original à venda, por Luciano Salles

Um detalhe importante! A arte original está à venda e para adquiri-la é só entrar em contato através do e-maillucianosalles@dimensaolimbo.com

RESERVE SEU PRINT!
Se gostou do desenho dá para garantir o seu agora!
Como não farei muitas cópias, reserve seu print também pelo e-maillucianosalles@dimensaolimbo.com com o título: Quero um print do Batman gárgulas. Desta forma preparo uma lista com todas as reservas e você garante sua arte tranquilamente.

As cópias em tamanho A3 serão vendidas por R$25,00 na minha MESA que é a H01.

Uma dica? Lembre de marcar os números das mesas que pretende visitar no Artists’ Alley e qual produto deseja em cada uma delas. Facilitará muito seu passeio pelo evento!

Fico no aguardo da sua reserva do print, quem sabe adquirir o original e qualquer comentários.

Um abraço.
Luciano Salles.
FIQ 2018, por Luciano Salles

Olá. Tudo bem?

Somente na física e em condições específicas, como por exemplo na CNTP (para o estudo de gases), é que existem mundos ideais. Mesmo que esteja vivendo uma situação perfeita, um momento único e extremamente agradável, somos naturalmente impelidos, pela nossa ancestral ansiedade, a buscar ou supor que algo possa, de fato, interromper aqueles poucos momentos em que se percebe ser ou estar em estado de felicidade.
No FIQ 2018 foi bem assim. Lutei para simplesmente manter o foco com quem estava ali comigo, naquele exato instante, em alguns poucos segundos acumulados em uma conversa, entrevista, venda ou então, estando comigo mesmo, sentindo a oportunidade de estar ali, presente, naquele que se tornou o melhor evento de quadrinhos que participei.
Uma honra ter como vizinho de mesa o
underground do quadrinho nacional,
Franciso de Assis F***ing Marcatti
 

Um festival que foi cancelado em 2017, perigando não acontecer em 2018 e que então vem bem organizado, com muitos visitantes e artistas expondo seus quadrinhos, ideias e ideais. Poderia listar muitos itens positivos assim como negativos porém, o fiel da balança justificou sua honesta precisão.

É sempre muito bom reencontrar os(as) colegas e amigos(as) que são extremamente carinhosos(as) e cordiais comigo. Espero sinceramente que a minha recíproca seja tão verdadeira.

No tocante ao “saldão de balanço” – anunciado no nome da postagem –, confirmei que foi o evento que minhas vendas foram basicamente para leitores. Claro que todos nós somos leitores, entretanto existem os leitores que também produzem histórias em quadrinhos e foi neste aspecto que, por um levantamento junto da minha planilha de controle de vendas, constatei que aproximadamente entre 80% a 90% dos que compraram meus gibis eram “somente leitores”.

O super casal Fora do Plástico,
representando todos os youtubers!

Você pode estar se perguntando: mas como é que o Luciano sabe quem produz ou não quadrinhos? Em toda venda que faço, geralmente converso de boa com a pessoa e é claro que o papo sempre é direcionado para desenhos, gibis, animação, filmes e então, tenho a resposta se aquele(a) determinada pessoa produz quadrinhos ou não.

Claro que esse percentual indicado tem suas margens de erro mas mesmo assim, fiquei extremamente satisfeito com esse potencial de “somente leitores” consumindo quadrinho nacional, mas deixando esclarecido que, esses números foram nos meus controles de vendas.

Pensei em fazer esse post de forma precisa com números, listando cada ponto positivo e negativo que o evento apresentou (na minha visão), valores, ressalvas, mas isso fica por conta da percepção dos organizadores, que enfatizo mais um vez, estão de parabéns pelo melhor FIQ que pude participar.

Agradeço o apoio cultural de 100% das minhas despesas pela Escola Pueri Domus Araraquara. Somente assim para ir a um evento tão longe de casa e poder trabalhar tranquilo, sabendo que tenho o suporte de pessoas tão especiais.

O mesão, pelo garçom extremamente
educado e cordial que nos atendeu e que,
infelizmente, não anotei o nome para
crédito da foto.

Fico no aguardo de seu comentário, se foi ao evento, se passou por minha mesa, o que achou do festival, enfim, deixe suas impressões pois todas serão respondidas.

Muito obrigado pelo visita ao blog, pela visita a minha mesa e muito obrigado, Mônica e Pueri ♥️

Um abraço.

Luciano Salles.

Space Ghost e Blip por Luciano Salles
Olá, tudo bem?
Space Ghost foi um dos desenhos que mais assisti no começo dos anos 80 e foi assim até 1985. A pouco mais de um mês, pensei que seria legal desenhar o herói, piloto do Cruzador Fantasma. Ao mesmo tempo, a ideia de fazer um The Savage Dragon também me animava.
Decidi fazer uma enquete no Facebook para conhecer o resultado de qual desenho faria. O que não imaginava é que o Space Ghost ganharia tão facilmente!
Enquanto trabalhava neste desenho (e também em outros trabalhos), comecei a perceber e a finalmente entender meu traço. Parece ser um papo de doido isso mas saquei algumas coisas que não percebia.
É bem provável que uma leve mudança nos meus desenhos finalizados sejam percebidos e acredito que isso só venha a contribuir com o meu trabalho.
Ah! Esse desenho vai ser um dos prints que levarei para o FIQ 2018!

Espero que tenha gostado do desenho. Se não conhece o herói, é só digitar no Google e assistir alguns desenhos no Youtube. Só lembrando que é um desenho produzido em 1966 então a pegada é outra. Vale a pena!

E como sempre tudo tem um fim, muito obrigado por sua visita. Fique a vontade para deixar seu comentário, seja ele qual for. Pode ser sobre o desenho ou o texto, sobre o conteúdo e quantidade das postagens, a diagramação e o que mais achar legal deixar registrado. Você pode seguir o blog, cadastrar para receber o conteúdo de cada atualização em seu e-mail ou mesmo adicionar em sua aba de favoritos.

Fico por aqui!

Um abraço.
Luciano Salles.

Space Ghost e Blip por Luciano Salles

Sketch podrera por Luciano Salles

Sketch podrera por Luciano Salles
Sketch podrera por Luciano Salles

FIQ 2013
Olá, tudo bem?
Essa vai ser minha terceira participação como artista no Festival Internacional de Quadrinhos de Belo Horizonte. Meu primeiro evento foi em 2013 onde apresentava O Quarto Vivente, participava da exposição Ícones dos Quadrinhos e também da edição do álbum Mônica(s). Foi um evento incrível para um recente artista que caia de paraquedas entre tantos autores que admirava e ainda admiro.
Em 2015, estava novamente no festival apresentando minha nova HQ Limiar: Dark Matter. Estava também com L’Amour: 12 oz que havia sido publicada em 2014 pela Editora MINO. Para 2018 apresentarei meu novo quadrinho EUDAIMONIA, novos prints e algumas poucas edições de O Quarto Vivente e Dark Matter.
FIQ 2015
De 2013 para 2018 aprendi muito sobre fazer quadrinhos e ainda me considero um iniciante. Meu desenho está em constante procura do melhor e mais coeso traço, busco incansavelmente formas de melhorar meus roteiros, enquadramentos, sempre na tentativa  de sintonizar as boas ideias para contar e assim apresentar um bom quadrinho.
Desde a minha primeira participação, vi o surgimento de muito quadrinistas. Alguns vão sumindo e não publicam mais, outros se mantem sempre crescendo em seus processos.
Particularmente, eu não tenho como mensurar isso dentro do meu trabalho até porque um quadrinho meu só pode ser validado pelo mais distante observador/leitor que a obra vier a ter.

Nos vemos em Belo Horizonte, de 30 de maio a 03 de junho, na Serraria Souza Pinto.

Estarei na MESA 82!

Um abraço.
Luciano Salles.

Olá.
De 30 de maio a 3 de junho estarei em Belo Horizonte para o 10º FIQ – Festival internacional de quadrinhos – que acontece na linda Serraria Souza Pinto.
Essa vai ser minha terceira participação como artista no evento. Estou bem contente que consegui o apoio cultural exclusivo da Escola Pueri Domus de Araraquara que arcou com as minhas passagens, hospedagem durante todo evento, aluguel da mesa e diárias de alimentação. Ir para um evento de quadrinho tem um custo alto, ainda mais quando não se tem mais vinte e poucos anos, que é quando você consegue dormir em qualquer sofá, toma banho frio e se enxuga com toalha de rosto.

Uma coisa é certa, se vou para o evento é exclusivamente pelo apoio cultural do Pueri Domus. Muito obrigado de coração, Mônica!

Ir para o FIQ é sempre muito bom. É ali que consigo um tempinho mais tranquilo para conversar com meus amigos Vitor, Paula, Lu e Damasceno. Sempre encontro o amigo e mega talentoso cruzeirense Conrado Almada e tantos outros artistas de norte a sul do Brasil. São sempre nestes eventos que nos revemos. 
Compre agora sua edição
de EUDAIMONIA
Vou com meu lançamento EUDAIMONIA e alguns novos prints. Você sabe que seu comentário é sempre muito bem vindo e ainda mais agora, que inseri o DISQUS para facilitar a vida de quem visita o blog.
Nos vemos em BH na esperança de uma temperatura ambiente amena, girando em torno de uns 22ºC ?
Um abraço.

Luciano Salles.
Lançamento de EUDAIMONIA na Quanta Academia de Artes
Olá, tudo bem?
Em dezembro de 2017, publiquei meu novo quadrinho chamado EUDAIMONIA e agora, em fevereiro, no dia 24 a partir das 17h, haverá um lançamento na Quanta Academia de Artes.
Essa minha nova HQ foi financiada pelo Catarse (veja mais detalhes sobre EUDAIMONIA neste link: https://goo.gl/cwcjBge conta a história de um estranho e solitário caçador que falha na tentativa de capturar “uma parte” da sua presa.
A revista é uma publicação em preto e branco, com 32 páginas impressas em papel pólen bold 90g, capa em papel TRIPLEX 350 colorida pelo talentosíssimo Marcelo Maiolo, tem o tamanho de um formato americano (17cm x 26cm), custa R$25,00.
Um detalhe legal para esse evento é que haverá um bate-papo onde proporei uma conversa sobre e os caminhos de como, ou, por onde, publicar sua HQ. Eu já tive a experiência em ter meu primeiro quadrinho (Luzcia, a Dona do Boteco)  em formato de fanzine, depois publiquei de forma independente (O Quarto Vivente), publiquei pela editora MINO (tive a honra de inaugurar o catálogo com L’Amour: 12 oz), voltei a publicar de forma independente (Limiar: Dark Matter) e agora, com EUDAIMONIA, tive meu primeiro contato e sucesso com um financiamento coletivo.
A Quanta é um espaço extremamente agradável e muito, muito fácil de chegar. É só descer no metrô Ana Rosa e sair sentido da Rua José de Queiros Aranha, caminhar 200m e chegar até o número 246.
Convide aquele amigo(a) que tenha deixado de ler quadrinhos para ir ao evento. Incentive ele(a) a conhecer os quadrinhos produzidos no Brasil.
Nó vemos lá.
Um abraço!
EUDAIMONIA é a nova HQ de Luciano Salles

Olá, tudo bem?

A partir de hoje, faltam 5 (cinco) dias para o término da campanha de EUDAIMONIA, minha nova HQ que está em financiamento coletivo no Catarse.

Neste exato momento que escrevo, a jornada na plataforma de financiamento coletivo chegou em 92,37% e escolhi a campanha de modalidade “tudo ou nada”, que significa que é necessário bater a meta para ter o projeto financiado.

Se ainda não viu a campanha, esse é o LINK DIRETO para conhecer,  analisar as recompensas, apoiar e compartilhar com seus amigos  para atingir os tão sonhados 100% da meta estipulada.

Agora é a hora de dar a arribada final nessa epopeia do catarse: www.catarse.me/eudaimonia 

Essa campanha funciona basicamente como uma pré-venda do quadrinho pois a revista já está pronta, faltando apenas enviar para a gráfica. Além disso, é a primeira vez que participo de uma campanha de financiamento coletivo para imprimir um quadrinho. Das 4 (quatro) revista que já publiquei, 3 (três) foram impressas de forma independente, 1 (uma) publicada por uma editora (MINO) e agora essa, ela forma de financiamento coletivo.
Você pode estar pensando em perguntar: “Luciano, qual é a melhor opção de publicação para um quadrinista?” Poderei responder com precisão depois que minha campanha for finalizada e que enviar todas as recompensas.
Então, é isso! Meu sincero agradecimento a você já apoiou a campanha e se ainda não, deixo o convite para conhecer o projeto pois a campanha encerra no próximo sábado, dia 21/10/2017.
Muito obrigado e um abraço.
Luciano Salles.

Pueri Domus AraraquaraSPLINE Multimídia e WorldGame
apoiam minha ida para a CCXP 2017.

Dette, a protagonista de história em quadrinhos ELA, de Luciano Salles

Olá, tudo bem?

Continuo as atualizações com os informes sobre minha nova HQ. Sigo a numeração de ELA [informe 01]. Vamos lá!

7. O item 6 (seis) da postagem anterior, diz: Reparou que não coloquei imagem com desenho neste post? Essas imagens só bem mais pra frente”. Pois bem, decidi mudar o andamento de algumas coisas e por isso você já está conferindo estas duas imagens do quadrinho.

8. Todas as diretrizes para a impressão da revista já foram tomadas e com isso já consegui orçamentos para conhecer os reais valores das gráficas.

9. O desenho em preto e branco tem me tomado bastante tempo.

10. Desenhar as páginas de ELA tem me deixado bastante contente exatamente pelos desafios que esse contraste impõe. E esse estímulo tem me levado a cuidar de cada linha traçada.

11. Este vídeo, em velocidade acelerada, é do quadro 4, inserido na página 03.

12. Recebi de um editor o interesse em publicar ELA. Gostei da a proposta.

13. Ainda não decidi como a revista será publicada e não tenho pressa para isso. Ter opções me deixa tranquilo.
14. Já revelei a sinopse de ELA no informe 01, mas repito aqui caso não tenho lido:
“Dette é uma jovem lutadora de artes marciais. Após uma derrota inesperada e análises de exames pós luta, foi informada pela sua equipe que não poderia mais lutar profissionalmente. Ao procurar ajuda especializada, encontra mais do que um problema de saúde. Dette e sua médica descobrem um obscuro torneio anual de artes marciais onde não há regras para os combates e tudo é permitido. Doutora e paciente vão para o torneio com a esperança de poder tratar a doença de modo não convencional perante os formais conselhos de medicina”.
E é isso, camarada! Estou muito contente e bem feliz com o andamento do quadrinho. Estou curtindo bastante desenhar cada página. Acho que isso é o fundamental para eu continuar fazendo o que faço. Quando esse sentimento desaparecer, com certeza meus quadrinhos desaparecerão junto.
Espero que tenha gostado das imagens e do vídeo! Deixe suas impressões, dúvidas, o que achou dos desenhos em PB, comentários ou o que quiser me dizer. Você será respondido ?
Um abraço!
Luciano Salles.