Ca-guei: quem apoia é cúmplice

Não sou chargista e este fato não me impede de, por vezes, ser provocado para tanto. Foi exatamente o que aconteceu ao escutar a última e escatológica vociferação delirante (enquanto escrevo esse texto a declaração já pode ter se tornado a penúltima ou a antepenúltima, quem sabe?) do Não-Presidente Jair M. Bolsonaro.

Meu respeito e admiração aos amigos e amigas chargistas. Uma linda profissão onde a capacidade de concisão imagética diária só me faz admirar – ainda mais –, os(as) que tem habilidade para isso.

Caguei Bolsonaro Luciano Salles
"Ca-guei" por Luciano Salles

"Ca-guei" por Luciano Salles


Um abraço.

Luciano Salles.

Postagens mais visitadas deste blog

21 dicas para um(a) quadrinista independente.

10 dicas de como precificar sua arte original ou como devo cobrar por uma "commission"?

A entrevista com as melhores perguntas que já respondi