Postagens

Mostrando postagens de 2021

Meu (ainda) curto percurso neste 100 anos da Folha

Imagem
Primeira ilustração que fiz para a Folha Hoje a Folha de S.Paulo comemora seu centenário. O jornal preparou um mergulho na história da Folha em 100 fatos marcantes que vale muito a leitura.  É impossível (pra mim) não parabenizar o jornal por tamanho feito. Não é fácil manter-se com uma publicação que diversas vezes sofreu (e sofre) tantos ataques, interrupções de circulação, que preza pela imparcialidade da notícia independente do período que atravessou. E certo que isso não é algo fácil de se fazer. Trabalho na Folha desde 2015. Inicialmente, como freelancer , só ilustrava para o caderno de cultura Ilustrada. Logo, e ainda no mesmo ano, comecei a ilustrar para todos os cadernos do jornal. Ciência , Mundo , capa do jornal , lá estava eu participando deste centenário e é aí que entra meu orgulho em fazer parte dessa história. Explico: meus pais sempre assinaram a Folha de S.Paulo . Como sempre acordei cedo, ouvia o entregador jogar o calhamaço de papel pelo portão e corria para pega

Termina 2020, começa 2021: é hora de fazer o possível

Imagem
Ilustração de outubro de 2019 para a Folha de S.Paulo Olá, como tem passado? Você já deve ter ouvido a frase: "são infinitas possibilidades". Que tristeza falar ou escutar uma frase desta sem ao menos refletir no que está sendo dito. Se você tem uma, duas ou até três opções de escolha, você consegue – modulado aos seus anseios – optar pela alternativa que melhor lhe atenda. Com as "infinitas possibilidades" você simplesmente não consegue escolher, não toma partido, não inicia, você não faz nada. Como que num sistema de engrenagens muito bem reguladas, o questionamento virá: "como posso ter o poder de escolher o que quiser entre todas as infinitas possibilidades e mesmo assim não conseguir fazer nada?" Penso que isso seja uma excelente fórmula para a ansiedade, depressão e os demais derivados que nos afetam. O ano de 2020 não é para ser esquecido por alguns motivos: 1) foi um ano que apresentou e carregou tantas coisas nunca vividas por 99,9% das pessoas d