Postagens

Mostrando postagens de 2021

Ilustração para um texto que não recebi

Imagem
Na idade do universo por Luciano Salles Para o vácuo da ausência, criei a série "ilustração para um texto que não recebi". No aguardo de boas novas para meu trabalho, sigo a me animar para desenhar. Desenhar faz parte de mim. Está inscrito em minha essência, como me entendo e do modo com sei me relacionar. Por mais vezes que tentei me distanciar do lápis e papel, o desejo ainda estava ali e ainda está aqui. Espero que você esteja bem. Cuide-se. Luciano Salles.

Contardo Calligaris

Imagem
Desenho em homenagem ao Contardo a pedido da Folha. A ideia da linda homenagem foi da minha editora, Thea. Ontem, com o falecimento do colega e amigo Contardo Calligaris , encerrou-se nossa parceria de exatos 2 anos de publicação semanal de sua coluna, sempre às quintas-feiras, no jornal Folha de S.Paulo . Em seus textos, escrevia como um grande deslocamento de terra, quando, tecnicamente, aquilo que era solo fixo desliza e apresenta o comportamento de um líquido denso e viscoso que perfaz seu caminho abrindo o que precisar ser aberto. Cabia a mim, através do desenho, da minha arte, tentar acompanhar o fluxo que emanava das entrelinhas. Cabia a mim, entre palavras ligadas por espaços, pinçar algo digno de tamanha eloquência. Em abril de 2019, assim que oficialmente firmada nossa parceria, Contardo me ligou. Eu só ouvia o que ele dizia até que, entres tantos sins da minha parte, marcamos um café. Já por WhatsApp , ele me convidou para tomarmos o café em sua casa. De imediato respondi qu

Vídeos de arte-final (timelapse e velocidade normal)

Por vezes faço vídeos acelerados (conhecidos como timelapse ) onde arte-finalizo algum desenho. Disponibilizo no meu Instagram – @lucianosalles – e agora incorporo alguns aqui. Inseri também dois vídeos feitos em uma live e, portanto, estão em velocidade normal. Penso ser interessante colocar assim, vídeos acelerados e em velocidade normal, principalmente porque vivemos cada vez mais em um mundo acelerado onde não temos um corpo para tal façanha. Espero que curta. Este é um blog que funciona para a interação. Aproveite o conteúdo, pesquise, comente. Um abraço. Luciano Salles.   Ver essa foto no Instagram Uma publicação compartilhada por Luciano Salles (@lucianosalles)   Ver essa foto no Instagram Uma publicação compartilhada por Luciano Salles (@lucianosalles)   Ver essa foto no Instagram Uma publicação compartilhada por Luciano Salles (@lucianosalles)   Ver essa foto no Instagram Uma publicação

Meu (ainda) curto percurso neste 100 anos da Folha

Imagem
Primeira ilustração que fiz para a Folha Hoje a Folha de S.Paulo comemora seu centenário. O jornal preparou um mergulho na história da Folha em 100 fatos marcantes que vale muito a leitura.  É impossível (pra mim) não parabenizar o jornal por tamanho feito. Não é fácil manter-se com uma publicação que diversas vezes sofreu (e sofre) tantos ataques, interrupções de circulação, que preza pela imparcialidade da notícia independente do período que atravessou. E certo que isso não é algo fácil de se fazer. Trabalho na Folha desde 2015. Inicialmente, como freelancer , só ilustrava para o caderno de cultura Ilustrada. Logo, e ainda no mesmo ano, comecei a ilustrar para todos os cadernos do jornal. Ciência , Mundo , capa do jornal , lá estava eu participando deste centenário e é aí que entra meu orgulho em fazer parte dessa história. Explico: meus pais sempre assinaram a Folha de S.Paulo . Como sempre acordei cedo, ouvia o entregador jogar o calhamaço de papel pelo portão e corria para pega

Termina 2020, começa 2021: é hora de fazer o possível

Imagem
Ilustração de outubro de 2019 para a Folha de S.Paulo Olá, como tem passado? Você já deve ter ouvido a frase: "são infinitas possibilidades". Que tristeza falar ou escutar uma frase desta sem ao menos refletir no que está sendo dito. Se você tem uma, duas ou até três opções de escolha, você consegue – modulado aos seus anseios – optar pela alternativa que melhor lhe atenda. Com as "infinitas possibilidades" você simplesmente não consegue escolher, não toma partido, não inicia, você não faz nada. Como que num sistema de engrenagens muito bem reguladas, o questionamento virá: "como posso ter o poder de escolher o que quiser entre todas as infinitas possibilidades e mesmo assim não conseguir fazer nada?" Penso que isso seja uma excelente fórmula para a ansiedade, depressão e os demais derivados que nos afetam. O ano de 2020 não é para ser esquecido por alguns motivos: 1) foi um ano que apresentou e carregou tantas coisas nunca vividas por 99,9% das pessoas d