Catarse, ELA no ProAC e psiquiatra: uma avalanche de êxtase, angústia e decepção.

EUDAIMONIA, minha nova HQ no Catarse.
Olá, tudo bem?

Faz uns 30 (trinta) dias que estou sendo submetido a grandes doses de sentimentos antagônicos, extrema excitação e de repente um balde de angústia que luta em persistir no meu corpo abrindo espaço para uma incontrolável ansiedade. Raramente uso o blog para relatar meus sentimentos mas será, de certa forma, um bom alívio para eu poder escrever sobre a inscrição do meu quadrinho ELA no ProAC, meu primeiro projeto no Catarse e o que mais citei no título do post.

Contextualizando: tenho síndrome do pânico que trato há 5 (cinco) anos ininterruptamente e aqui, abro um adendo aos cuidados sem precedentes do meu médico, Dr. Marcelo.

EUDAIMONIA no Catarse:
Print da tela da meta do projeto de
EUDAIMONIA, de Luciano Salles
Há um mês, com meu projeto pronto para ser inserido no Catarse e faltando apenas fazer o vídeo da campanha, uma "pancada" quase me fez desistir do financiamento coletivo. Não sei como arranjei forças para prosseguir, conseguir filmar e lançar a campanha no dia 11 de setembro de 2017. 
Com a campanha rolando, acompanhando as atualizações dos apoios, dúvidas em como divulgar o financiamento coletivo sem ser invasivo ou chato, uma ansiedade extrema e doentia tenta a todo custo assumir as rédeas, o controle da situação. Com um trabalho mental apoiado por yoga e medicamentos além inércia iniciada com a publicação do projeto de EUDAIMONIA na plataforma, devo seguir firme.

ELA no ProAC:
Com 4 dias de campanha no Catarse, saiu o resultado do ProAC onde havia inscrito ELA. Não fui contemplado e também não fiquei como suplente. Eu estava completamente feliz, confiante e em êxtase com o projeto que havia enviado para o edital. Tudo ficou lindo, acreditava na história do quadrinho, contei com a ajuda de muito(a)s amigo(a)s (principalmente a Lilian Penteado e a Larissa Sartori) para afinar os textos, dirimir erros, fazer revisões e tudo mais. Não contesto o resultado do edital e de forma alguma isso passou ou passa pela minha cabeça.

É que procurar no resultado oficial do edital seu nome ou nome da sua HQ e não encontrar, foi um golpe tão forte na minha auto-estima (que já estava bem abalada) que decidi interromper e paralisar a produção de ELA sem prazo definido. Não quero pensar novamente ou tão cedo na história, no potencial que poderia vir a ter ou em qualquer coisa sobre esse quadrinho. 

Peço desculpas por fazer um post assim mas precisava escrever o que acabou de ler. Ainda não estou 100% mas estou bem amparado pelo meu médico. Como em tudo há sempre alguma coisa boa, sobrou apenas a minha campanha no Catarse. Ou seja, o foco foi reduzido a um único ponto. 

Não quero pensar em mais nada. Quero apenas atingir a meta que inseri para financiar o quadrinho e para isso conto muito com o seu apoio: www.catarse.me/eudaimonia
Apoie o projeto, compartilhe a campanha pois assim eu e você vamos fazer EUDAIMONIA acontecer. Se já apoiou, deixo aqui meu mais sincero agradecimento.

Deixe seus comentários pois eu responderei.

Muito obrigado e um abraço.

Luciano Salles.

Postagens mais visitadas deste blog

10 dicas de como precificar sua arte original ou como devo cobrar por uma "commission"?

21 dicas para um(a) quadrinista independente.

Acionei meu plano B: sendo quadrinista e ilustrador, recomendo ter estratégias nas mangas