Limiar: Dark Matter [Novidades 06]

Limiar: Dark Matter de Luciano Salles com as cores por
Marcelo Maiolo
Olá, tudo bem?

Essas são as últimas novidades sobre o andamento do meu novo trabalho em quadrinhos. O que posso garantir é que a revista está bonitona! As cores do Maiolo ficaram fantásticas!

Deixo aqui os links para as novidades anteriores:





E agora vamos as novas:

32. O preço de venda da revista será de R$ 35,00.

33. Por se tratar do fechamento de um arco aberto em 2013 com O Quarto Vivente, Limiar: Dark Matter mantém o mesmo padrão gráfico de L'Amour: 12 oz e, sendo redundante, O Quarto Vivente.

34. Especificação técnica da revista.
A HQ terá 50 páginas todas colorida em couche fosco 150 gsm, será no formato A4, capa em papel DUO DESIGN 350 gsm com verniz de reserva e orelhas, lombada quadrada de 4mm, ISBN e Ficha Catalográfica. Optei pela cola PUR (a mesma que foi usada em O Quarto Vivente) pela resistência para uma lombada de 4mm.

35. A data de lançamento será em 12/10/2015 e nos primeiros minutos deste dia você conseguirá comprar sua edição pela Loja Online do Dimensão Limbo. Se quiser, seu edição pode seguir autografada e com dedicatória!

36. Eventos de lançamento já confirmados:

– Araraquara (SESC Araraquara com oficina de roteiro e narrativa) – 14 e 15/10/2014
– Araraquara (Mondrian Ambiente) – 16/10/2015
– São Paulo (Gibiteria) em 17/10/2015
– Santos (Gibiteca de Santos) em 18/10/2015
– São Paulo (Quanta Academia de Artes) em 24/10/2015
– Belo Horizonte (FIQ – Serraria Souza Pinto) entre 11 e 15/11/2015
– São Paulo (CCXP – São Paulo EXPO) entre 3 e 6/12/2015


37. A HQ tem uma página no Facebook onde publicarei resenhas, desenhos de outros artistas, entrevistas, ou seja, tudo o que for relacionado ao quadrinho.

38. No dia 01/10/2015 divulgarei a capa da HQ.

É isso!
Agende a data de 12/10/2015 para já garantir sua edição.

Grande abraço!

Luciano Salles.

Postagens mais visitadas deste blog

10 dicas de como precificar sua arte original ou como devo cobrar por uma "commission"?

21 dicas para um(a) quadrinista independente.

A entrevista com as melhores perguntas que já respondi