Postagens

Postagem em destaque

Um ano de parceria com a Maria Homem na Folha de S.Paulo

Imagem
Ilustração para a coluna de 29/08/2022 Há um ano fiz a primeira ilustração   para um texto da Maria Homem . Um texto para sua recente coluna na Folha de S.Paulo . Ilustro para o jornal desde 2015. Aliás, sei que minha estreia foi em maio de 2015, mas não me recordo da data. Lembro exatamente como aconteceu o convite para fazer freelas para a Folha , da matéria que me foi pautada, mas a data? Por que será que essa data não me recordo? Posso dar um Google , olhar aqui no meu blog , mas não localizo em minha memória. O que faz marca tão evidente em algo a ponto de se comemorar um aniversário? Talvez por que ilustrar a coluna da MH tenha acontecido por conta do falecimento do Contardo Calligaris ? Não exatamente por conta da morte, mas sim, talvez, dos laços que se atreveram a se conectar e então, pelas contingências, um vínculo se fez? O Contardo teve um rápido e grande impacto em minha vida (quase dois anos ilustrando os textos dele pra Folha). A Maria era esposa, a companheira do CC.

Participação no podcast "Nossa Gente" para a rádio CBN

Imagem
No final do mês de janeiro, tive a oportunidade de participar do programa "Nossa gente", produzido e conduzido pela repórter Daniela Lemos . Foi uma conversa leve, descontraída, transformada em podcast e que você pode conferir clicando no link   https://bit.ly/3uC5WFn Podcast "Nossa Gente" A conversa flui sobre meu percurso com os quadrinhos, ilustração, Folha de S.Paulo e a com a psicanálise, que agora, depois de me autorizar, abri o assunto aos meus(minhas) leitores(as) e as pessoas que gostam do meu trabalho com a ilustração. Sobre a psicanálise, deixo o assunto para um futuro post aqui no blog. Um abraço.

Um compilado de arte-final em time-lapse

Imagem
Arte-final por Luciano Salles Por vezes faço curtos vídeos da minha arte-final. Esses vídeos ficam ali, acelerados, parecendo que tudo se faz de forma fácil. Não é fácil, não é rápido; o processo está somente muito acelerado. Deixo aqui alguns desses vídeos. Um abraço. Ver essa foto no Instagram Uma publicação compartilhada por Luciano Salles (@lucianosalles) Ver essa foto no Instagram Uma publicação compartilhada por Luciano Salles (@lucianosalles) Ver essa foto no Instagram Uma publicação compartilhada por Luciano Salles (@lucianosalles) Ver essa foto no Instagram Uma publicação compartilhada por Luciano Salles (@lucianosalles) Ver essa foto no Instagram Uma publicação compartilhada por Luciano Salles (@lucianosalles) Ver essa foto no Instagram Uma publicação compartilhada por Luciano Salles (@lucianosalles)

Um tema delicado para ilustrar

Imagem
Ilustração para as redes da Maria Homem a partir de sua coluna para a Folha de S.Paulo A Maria Homem enviou o texto para sua nova coluna para a Folha de S.Paulo : " O tabu do sangue ". As declarações e ações deste governo são (tão) absurdas que funcionam como uma sequência de jabs ; atordoam a ponto de te deixar atento para qualquer direto que possa vir. Tinha apostado neste tema pelo veto inescrupuloso do presidente a distribuição de absorvente a estudantes e pessoas pobres. Um tema delicado para um homem discorrer ou, no meu caso, desenhar. Como a própria MH disse: " boa sorte ". Usei a obra de Judy Chicago , citada no texto e intitulada Red Flag , como um escudo para que eu ilustrasse amparado por uma imagem de impacto e que desse suporte a um discurso que somente posso apoiar em todas as lutas. Um abraço. Luciano Salles Red Flag de Judy Chicago

Ilustração para o #tbt nas redes da psicanalista Maria Homem

Imagem
Ilustração por Luciano Salles Hoje começa, com o texto "Caguei", o primeiro #tbt para as redes da Maria Homem . A coluna, publicada na segunda semana de julho de 2021, conta do episódio tragicômico onde o Presidente da República evocava a escatologia. Segundo MH: " O pequeno ser evolui na conquista do seu próprio contorno e da existência da alteridade, assim como da distinção entre o banheiro e a sala, o privado e o público. E também da gênese do comportamento moral. Afinal, estamos falando de limite, de pactos, de lei. O que pode e o que não pode. Assim se funda a civilização. Limite, alteridade, civilização, verdade. Segue o link para o Instagram da Maria e o link para leitura completa do texto na Folha  de S.Paulo . Abaixo um pequeno recorte da coluna no jornal. Um abraço. Trecho do jornal Folha de S.Paulo

"Preciso Contar" é o nome do texto encomendado pela revista LACUNA, onde conto sobre minha relação e parceria de coluna com Contardo Calligaris.

Imagem
Ilustração para o texto "Preciso Contar" Fui convidado pelo colega e psicanalista Diego Penha  para algo não habitual: escrever um texto para a revista LACUNA . Para além das palavras, deveria, também, ilustrar a coluna que conta sobre os quase dois anos que trabalhei diretamente com o  Contardo Calligaris . Optei por fazer um texto curto, assim como foi nossa parceria e amizade. Nota: apesar da revista ter sido publicada em 02 de setembro de 2021, o texto foi encomendado e redigido no começo do mês de junho. Ilustrei as colunas do Contardo, publicadas na Folha de S.Paulo ,  entre abril de 2019 até seu falecimento, em março de 2021. Fizemos um excelente trabalho e tivemos a melhor das relações; foi um lindo período que pude viver e que sinto falta. Como sempre faço, disponilizo aqui o link para sua leitura no site da revista online  LACUNA , que é uma publicação que se intitula como uma revista de "psicanalise na cultura". Se ainda não conhece, vale uma boa imers

O início de uma parceria com a psicanalista Maria Homem

Imagem
“O que chamamos de democracia é a consciência de nosso direito de existir", por  Maria Homem. De idas e vindas – sejam quais forem –, a vida se faz. As colunas da Maria Homem , quinzenalmente publicadas na Folha de S.Paulo , serão ignição para ilustrações que serão criadas. Os desenhos não serão publicados no jornal e servirão, tão somente, como conteúdo ilustrado a ser veiculado nas redes da autora. Segue uma breve apresentação sobre a Maria Homem e que extraí de um trecho do  próprio site dela :  "é psicanalista, pesquisadora do Núcleo Diversitas FFLCH/USP e professora da FAAP . Tem Pós-graduação em Psicanálise e Estética pela Universidade de Paris VIII / Collège International de Philosophie e doutorado pela Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da USP . Autora de “Lupa da alma” , “Coisa de menina?” , “No limiar do silêncio e da letra” , entre outro". Sobre a parceria: estávamos conversando a cerca das colunas dela na Folha e num "estalo" a id

"Como a pandemia afetou a produção artística" no Café Psi

Imagem
Sábado, dia 17/07, das 9h às 11h30, participarei (junto das artistas Luísa Helene , Lucas Tannuri e Tania Capel ) da série Janelas para a pandemia , organizada pelo Café Psi  e que, para este encontro, tem o tema: respostas para perguntas que não foram feitas . Deixo aberto o convite para sua  participação seja você artista, interessado pelo assunto, estudante de psicologia, de psicanálise, um(a) profissional que atua na área. Segue a descrição oficial do encontro: "Respostas para perguntas que não foram feitas é o título do próximo encontro da série Janelas para a Pandemia. Surgiu de gostosas e frutíferas conversas com as e os artistas Luísa Helene, Lucas Tannuri, Luciano Salles e Tania Capel. Construção coletiva e poética que nomeia experiências com tantos coloridos singulares quanto atravessamentos coletivos: com o fechamento dos teatros, dos SESCs, das escolas e demais espaços de atuação da classe, as e os artistas precisaram se reinventar, recriar. (Como ocorreu, aliás, em a

Ca-guei: quem apoia é cúmplice

Imagem
Não sou chargista e este fato não me impede de, por vezes, ser provocado para tanto. Foi exatamente o que aconteceu ao escutar a última e escatológica vociferação delirante (enquanto escrevo esse texto a declaração já pode ter se tornado a penúltima ou a antepenúltima, quem sabe?) do Não-Presidente Jair M. Bolsonaro . Meu respeito e admiração aos amigos e amigas chargistas. Uma linda profissão onde a capacidade de concisão imagética diária só me faz admirar – ainda mais –, os(as) que tem habilidade para isso. "Ca-guei" por Luciano Salles "Ca-guei" por Luciano Salles Ver essa foto no Instagram Uma publicação compartilhada por Luciano Salles (@lucianosalles) Um abraço. Luciano Salles.